Data: 21/02/2019 09:45 / Autor: Redação

Hospital e Maternidade Brasil inaugura sala exclusiva para parto humanizado

A Delivery Room foi criada para proporcionar mais conforto e tornar o parto um momento ainda mais mágico para as mamães e os bebês. Acompanhe a entrevista do ABCdoABC


Entrevista Hospital Brasil Delivery Room
Dr. Alessandro Neves e Cesar Torres
Dr. Alessandro Neves e Cesar Torres

Crédito: Odair Junior/ABCdoABC

O Hospital e Maternidade Brasil, da Rede D’Or, em Santo André, pretende ampliar o número de partos humanizados na unidade, com uma sala exclusiva para que os bebês venham ao mundo de forma mais natural possível: a Delivery Room. A sala, localizada em uma área anexa ao centro obstétrico, está em operação há dez dias, mas foi inaugurada na última terça (19).

A estrutura conta com equipamentos para o aconchego à gestante na hora de dar à luz, como banheira, bola, banqueta, cavalinho e espaldar para exercícios que ajudam no relaxamento da estrutura pélvica. A iluminação da sala é especial, com cores e frequência tranquilizante. Musicoterapia e massagem também integram o conceito de parto humanizado na sala exclusiva. Um aparelho de cardiotocografia avalia o bem-estar fetal e monitora a sua frequência cardíaca.

 “A sala tem toda estrutura para recepcionar o bebê no momento do nascimento, como berço aquecido”, explica Cesar Torres, diretor médico do Hospital, que comemora os 12 nascimentos no Delivery Room em menos de duas semanas. Caso a mulher opte por analgesia na hora do parto, um carrinho de anestesia está à disposição no quarto. O espaço ainda permite a presença de acompanhante.

Enquanto o acompanhante está na sala de parto, os demais familiares podem assistir pela TV, no quarto da paciente, o primeiro encontro do bebê com os pais logo após o nascimento. O hospital oferece o serviço de transmissão desses primeiros momentos gratuitamente.

Ainda segundo Cesar Torres, por mês, são realizados 80 partos normais e 200 cesáreas na unidade. “Percebemos que a procura pelo parto normal está aumentando, uma boa notícia. Quando há condições físicas e de saúde, sabemos que o indicado é o parto normal”, finaliza Cesar Torres.

Equipe de Enfermagem - Sandra Pereira, Luciana Lupianhez, Carla Querino, Thatiana Donega e Silvio Conejo
Equipe de Enfermagem - Sandra Pereira, Luciana Lupianhez, Carla Querino, Thatiana Donega e Silvio Conejo

Crédito: Odair Junior/ABCdoABC

Comente aqui