Data: 01/07/2020 15:44 / Autor: Eduardo Nascimento / Fonte: FUABC

FUABC cria aplicativo sobre saúde e segurança do trabalho para colaboradores

Em meio à pandemia, ferramenta facilita acesso a informações sobre saúde ocupacional para funcionários da Central de Convênios


Crédito: Divulgação

Não é exagero dizer que os aplicativos de celulares já fazem parte do dia a dia das pessoas de maneira bastante prática e funcional. Pensando nisso, o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) da Central de Convênios (CC), maior unidade mantida da Fundação do ABC, está desenvolvendo um aplicativo que colocará as principais informações sobre saúde e segurança no bolso dos seus colaboradores. Por enquanto, a ferramenta será disponibilizada aos trabalhadores da CC nas cidades de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Itatiba e Santos. A ideia é expandir gradativamente para as demais unidades.

O objetivo é fornecer aos funcionários um compêndio sobre o tema saúde ocupacional de rápido acesso e uma ferramenta a mais para auxiliar a equipe do SESMT nos treinamentos rotineiros. Elaborado de forma fácil e didática, o aplicativo permitirá ao funcionário assistir a videoaulas sobre biossegurança; ergonomia; paramentação e desparamentação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); lavagens das mãos; proteção respiratória; acesso aos contatos do SESMT; além de possibilitar a visualização do fluxo de acidentes de trabalho e fazer download das documentações para preenchimento. Uma biblioteca contendo cartilhas, apostilas, livros e os principais sites relacionados ao tema também está inserida no software para ampliar o conhecimento dos trabalhadores.

“Uma inquietação nos tomou conta ao pensarmos em como poderíamos levar aos trabalhadores mais informações de saúde e segurança em meio à pandemia. O celular tornou-se um ‘vício’ e avançamos para um mundo cada vez mais tecnológico. Por isso, queremos acompanhar esta tendência, uma vez que os nossos colaboradores estão cada vez menos analógicos e mais digitais”, explica o engenheiro e coordenador do SESMT, Amaury Machi Junior. O aplicativo está disponível para utilização nos sistemas operacionais Android e iOS e também pode ser baixado pelo computador.

Comente aqui