Data: 11/04/2013 17:43 / Autor: Daniela Mian / Fonte: Secom PSA

Escolas municipais recebem professores de Educação Física concursados

Chegada dos profissionais garante aos alunos acesso permanente a atividades físicas; prática começou em 2005 com o projeto Vivências do Movimento


 

Cerca de 60 professores de Educação Física iniciam na próxima terça-feira (16) o atendimento à rede municipal de ensino de Santo André, agora, como servidores públicos concursados. Em breve, outros 30 farão parte deste quadro de funcionários.

A prática de atividades físicas foi inserida nas escolas em 2005, a partir do projeto Vivências do Movimento, elaborado e instituído na gestão do ex-prefeito João Avamileno. Na época, os professores eram conveniados. Com esta experiência, a demanda dos profissionais tornou-se uma necessidade permanente.

À época, a Gerência de Projetos Especiais acreditava que o projeto, a princípio voltado aos Cesas (Centros Educacionais de Santo André), logo teria de se estender a todas as unidades escolares. A ampliação da iniciativa aconteceu em 2007, e o concurso público, finalmente, foi realizado em 2011.

 “Tendo em vista o sucesso do trabalho e a obrigatoriedade da Lei de Diretrizes e Bases nº 9.394, de 1996, tornou-se necessária a criação dos cargos de professor de Educação Física Escolar, com formação e as especificidades da área, bem como o registro no CREF (Conselho Regional de Educação Física) para a atuação”, explicou a coordenadora de Serviço Educacional, Marcia Dagostino Kuke.

Segundo a gerente de Projetos Especiais, Claudia Felician, a Prefeitura está fechando o ciclo de um projeto acertado e vitorioso. “A chegada destes profissionais garante o direito dos alunos da rede municipal de ensino a esta modalidade”, explicou

Na próxima semana, assim como os professores de Educação Física, tomarão posse monitores de inclusão digital, agentes de inclusão escolar, auxiliares administrativos, inspetores alimentares, motoristas, agentes de atividades escolares, merendeiros, lactaristas, nutricionistas e serventes gerais.

 

Comente aqui