Data: 16/07/2019 09:49 / Autor: Paola Zanei / Fonte: Secom PSA

Apresentações musicais encantam pais e alunos na creche Heitor Villa-Lobos

Atividade faz parte do projeto pedagógico da escola, que envolve toda a unidade em ações de musicalização, contato com os instrumentos e sensibilização dos alunos para música


Apresentações musicais encantam pais e alunos na creche Heitor Villa-Lobos
Apresentações musicais encantam pais e alunos na creche Heitor Villa-Lobos

Crédito: Angelo Baima/PSA

Alunos da creche Heitor Villa-Lobos, no Parque Capuava, estão vivendo a experiência de conhecer a música por meio de contato com instrumentos musicais e apresentações dos mais variados ritmos. A ação faz parte do projeto pedagógico desenvolvido pela creche para este ano letivo e tem encantando crianças e pais.

A unidade recebe apresentações periódicas de música ao vivo. A mais recente teve como tema música sertaneja, por conta do período de festas juninas.  O interesse das crianças, todas com até 3 anos de idade, fica estampado no olhar atento dos alunos.

“Um dos benefícios que procuramos com esta atividade é mostrar para os pais o que acontece dentro da escola quando eles deixam seus filhos aqui para ir trabalhar. Queremos frisar que é um espaço para o desenvolvimento da criança”, explicou a assistente pedagógica da creche Heitor Villa-Lobos,  Alexandra de Oliveira.

As apresentações têm como objetivo também mostrar para as crianças os instrumentos e tipos de sons produzidos, proporcionando a elas o contato com vários estilos de música e não só com músicas infantis. Além do teclado e da viola, utilizados na apresentação de música sertaneja, as crianças já assistiram apresentações de violino, saxofone, violão, gaita e guitarra.

Além das apresentações na entrada dos alunos da manhã e na saída do período da tarde, com a presença dos pais, acontecem também apresentações exclusivas para as crianças, segundo a professora Raquel Melo, que está na rede há 3 anos e toca teclado, violão, gaita e guitarra. ”A  relação das crianças com os instrumentos é muito bacana, porque quando elas vêem o instrumento, ficam curiosas, querem chegar perto, tocar. Mas fazem isso com cuidado, não de forma agitada. Elas ficam impressionadas”, afirmou Raquel.

Poder proporcionar a aproximação das crianças com a música por meio do contato com os instrumentos é um diferencial do projeto, que é aplicado aos 320 alunos da creche. “Saímos do básico, que é mais comum, com o uso de CDs e DVDs de música. E com isso estamos conseguindo despertar o interesse das crianças e o envolvimento delas com a música”, acrescentou Alexandra de Oliveira.

O projeto conta ainda com várias outras ações desenvolvidas diariamente na unidade. Toda a equipe de professores e funcionários da escola abraçou a proposta de levar a música para as crianças. Prova disso é que  a música parece permear todos os espaços da creche Heitor Villa-Lobos. Está nas colagens de figuras de instrumentos nas portas das salas de aula, nas rampas onde há chocalhos feitos com garrafinhas PET, nos espaços sonoros coloridos onde as crianças podem produzir sons com objetos reciclados, ou em uma enorme árvore de papel no meio da sala de aula onde, em vez de flores, existem notas musicais coloridas e miniaturas de instrumentos feitas com material reciclável.

“O objetivo do projeto é proporcionar vivências musicais de forma alegre e inovadora, que estimulem o repertório musical, a acuidade auditiva, o prazer no cantar e brincar, ampliando o conhecimento do mundo, as possibilidades de expressão, a apreciação, imaginação e sensibilidade”, afirmou a diretora Joyce de Campos.

As professoras trabalham com música com muita frequência em sala de aula, apresentam os instrumentos, cantam e dançam, e ainda todas as quartas-feiras acontecem as Quartas Musicais, quando os alunos sentam juntos no pátio e cantam uma música infantil. “Cada classe fez um painel ilustrado com a letra da música, e a cada semana escolhemos uma”, explicou a diretora.

Bruna do Nascimento Brites, de 32 anos, mãe da aluna Laura, de 3 anos, apoia a iniciativa que, segundo ela, traz diversos benefícios para as crianças. “O contato com a música é  importante para desenvolvimento cognitivo e da imaginação e ajuda a combater a timidez”, comentou. Bruna acrescenta que é muito bom saber que sua filha está tendo a oportunidade de, aos 3 anos, conhecer os instrumentos e construir um repertório cultural.

Comente aqui