Data: 01/07/2022 17:05 / Autor: Caroline Terzi / Fonte: PMSA

Alunos da EJA materializam suas histórias de vida através de Livro de Memórias

Os alunos da EJA de Santo André são os personagens principais das 187 páginas do livro interativo com exemplos de superação e determinação


Alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Santo André tiveram suas trajetórias materializadas no livro “Memórias de Vida”
Alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Santo André tiveram suas trajetórias materializadas no livro “Memórias de Vida”

Crédito: Helber Aggio/PSA

Uma experiência inesquecível. Nesta sexta-feira (1), alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Santo André tiveram suas trajetórias materializadas no livro “Memórias de Vida”. Com direito a tapete vermelho e sessão de autógrafos durante o lançamento no saguão do Teatro Municipal, a iniciativa é fruto do empenho e engajamento da equipe gestora e professores do Centro Público de Formação Profissional Valdemar Mattei em conjunto com outros departamentos da Secretaria de Educação e apoiadores.

Com foco na acessibilidade, os exemplares lançados contam com um qrcode que direciona os leitores para uma página em que as histórias são narradas em Libras. Um livro em Braile também foi impresso para uma aluna da EJA que é deficiente visual.

Foram quatro meses de trabalho para chegar a esse momento. O lançamento do livro contou ainda com uma exposição com fotos dos alunos e suas histórias e também com ilustrações, a partir de autorretratos feitos pelos próprios estudantes.

A ansiedade era grande para Maria Aparecida Oliveira Ferreira, uma das autoras do livro. No exemplar, a Cida, como se apresenta, conta que nasceu “lá para os lados de Goiás, terra vermelha, em 1971. Onde nascer é para todos e sobreviver, para poucos”, e hoje comemora suas conquistas de vida.  “Este lançamento é muito gratificante e especial. Uma experiência importante por poder conhecer a história dos meus amigos de sala e saber das dificuldades que os fizeram parar de estudar e ao mesmo tempo ver a conquista de cada um, assim como a minha. Fica aqui meu agradecimento à EJA, que faz a diferença em nossas vidas”, destacou a aluna de 50 anos, moradora do Jardim Ipanema.

Aos 61 anos, Luzia Valdenita de Moraes também se emocionou por participar da cerimônia. “Voltar a estudar após 50 anos foi uma grande vitória e hoje receber esse livro sobre minha vida é mais uma que marca alcançada. Realização define o que estou vivendo. Sou muito grata aos meus professores e toda a equipe que materializou esse sonho”, pontuou a moradora do Parque Gerassi, que em sua biografia agradece o apoio dos três filhos e marido, a quem “ama de paixão”.

Thiago Costa da Silva Marques, de 37 anos, comemorou o evento. “Estou muito feliz. Muitas pessoas vieram prestigiar o lançamento e conhecer nossas histórias”, enfatizou o morador da Vila Guarani que deixou um recado na sua parte do livro: “...ame e viva a sua vida intensamente e que a mansidão de Deus esteja com quem estiver lendo isso, o amor muda as pessoas, então ame muito.”

Construção do livro - O começo foi marcado por aulas e estudos sobre o gênero da autobiografia e, em seguida, pelas entrevistas, em que os estudantes contaram suas próprias histórias aos professores.

Os depoimentos foram escritos e transcritos, transformando-se em histórias e ilustrações. Durante as aulas e no laboratório de informática, após revisão, aconteceu o processo de digitação para o nascimento do livro.

Ao prestigiar o evento de lançamento do livro “Memórias de Vida”, a secretária de Educação Cleide Bauab Eid Bochixio elogiou a toda a equipe que se dedicou ao trabalho e aos alunos por dividirem suas trajetórias de vida. “Parabéns a todos que souberam aproveitar as oportunidades que lhes foram oferecidas. A capacidade de aprendizado se estende pela vida toda, podendo desenvolver sempre novas habilidades. Muito sucesso a todos”, concluiu.

Comente aqui