Data: 01/02/2021 21:14 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Ribeirão Pires vai resgatar projeto do viaduto que liga Centro ao Centro Alto

Obra do viaduto, orçado em mais de R$ 50 mi, é o maior projeto de infraestrutura da história de Ribeirão Pires


Crédito: Divulgação

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Obras, está resgatando projeto do viaduto de transposição da via férrea, que ligará o Centro ao Centro Alto da cidade, e adequação viária do entorno. A obra orçada em mais de R$ 50 milhões não teve sequência nas duas últimas gestões municipais.

Atualmente a cidade é dividida pela ferrovia e conta com apenas duas travessias nos extremos da área central: ponte da Vila Ema, na altura da entrada do Bairro Vila Gomes, e outra, que passa por baixo da linha férrea, localizada na avenida Kaethe Richers, sentido Rio Grande da Serra. O viaduto vai conectar as avenidas Santo André e Humberto de Campos com as avenidas Capitão José Gallo e Prefeito Valdírio Prisco, sobrepondo a linha da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Na última semana, o secretário de Obras de Ribeirão Pires, Gabriel Maranhão, já conseguiu um passo importante: o aval da Companhia para a execução da obra. "Estamos seguindo as diretrizes do prefeito Clóvis Volpi, efetuando um pente fino em todas as obras paradas. Agora, no caso do viaduto, o próximo passo é viabilizar o projeto junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional", completou.

O projeto possui extensão aproximada de 2,7 mil metros. É constituído por alguns elementos como: obras de adequações nas vias e viário novo, ciclovia, muro de contenção, ponte estaiada e viaduto.


Comente aqui