Data: 13/09/2019 14:37 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Ribeirão Pires tem curso de uso das redes sociais para terceira idade

Em parceria com o CRI – Centro de Referência do Idoso, CRAS Quarta Divisão promove aula gratuita para conectar moradores acima de 60 anos


A moradora da Quarta Divisão, Marlene Gonçalves, de 67 anos, quer estar atualizada
A moradora da Quarta Divisão, Marlene Gonçalves, de 67 anos, quer estar atualizada

Crédito: Gabriel Mazzo/PMETRP

A Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, em parceria com o Centro de Referência do Idoso (CRI), está fortalecendo as ações voltadas à terceira idade. No projeto “CRI nos Bairros”, moradores com mais de 60 anos aprendem, no CRAS Quarta Divisão, dicas para a utilização de celulares e smartphones, bem como das redes sociais.

Moradora da Quarta Divisão há mais de 40 anos, a carioca Marlene Gonçalves da Silva, de 67 anos, procurou a aula para se sentir atualizada. “Estou amando. É uma oportunidade única para aprender a lidar com as diversas funções do celular. Além de termos uma atividade diferente para fazer, ainda aprendemos algo novo”, contou animada.

A moradora Odila Ana Salera, de 65 anos, está surpreendendo a família com suas descobertas. “Para mim está sendo ótimo. Quero ser uma senhora ‘antenada’. Meus netos já perceberam que eu estou com uma lida melhor com o celular, que estou perdendo o medo e não peço tanto a ajuda deles”, afirmou.

O projeto “Conectando a Melhor Idade – uso de smartphones e redes sociais” é promovido há quatro anos na unidade do Centro de Referência do Idoso, localizado na região central da cidade, durante os meses de férias. O “CRI nos Bairros” promove a descentralização dos cursos oferecidos pela unidade, facilitando o acesso dos munícipes.

“Em parceria com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, pudemos ampliar o números de atendidos pelo CRI. Na unidade central, atendemos mais de 800 munícipes. No projeto ‘CRI nos Bairros’ são atendidos cerca de 100 pessoas com mais de 60 anos”, explicou a coordenadora do CRI e idealizadora do projeto Elizabete de Assis Prado Rodrigues.

“As aulas sobre uso de celular encorajam os idosos a utilizarem o aparelho. Eles aprendem desde como ligar, bloquear e desbloquear, até como tirar fotos e em seguida postá-las nas redes sociais. O nosso projeto tem o objetivo de melhorar a saúde mental desses moradores, fazendo com que eles saiam da rotina e tenham convivência social, fora do cotidiano com a família”, conclui a coordenadora.

“Além de novos conhecimentos, a ação promove também a integração social entre munícipes assistidos pelos CRAS da cidade. Os resultados estão sendo positivos, a comunidade tem participado das atividades e se apropriado da unidade. Tenho orgulho de toda a minha equipe e de fazer parte dessa gestão, que zela pela cidade”, afirmou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Elza Iwasaki.

Aulas de integração social, culturais e esportivas acontecem semanalmente nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) Quarta Divisão, de Ouro Fino e do Jardim Caçula.

No CRAS da Quarta Divisão, além das atividades voltadas ao uso de novas tecnologias, há aulas de alongamento e dança. Os interessados em participar das aulas devem se inscrever na unidade, localizada na Estrada do Sapopemba, 5.055 - Quarta Divisão (dentro do espaço CEU – Centro de Artes e Esportes Unificados), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

As aulas acontecem sempre às quartas-feiras, das 8h30 às 9h30 (alongamento) e das 9h30 às 10h30 (dança). O “Conectando a melhor idade - Instruções sobre o uso do celular e redes sociais” acontece sempre às sextas-feiras, das 9h às 11h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4824-7052.

O Centro de Referência de Assistência Social de Ouro Fino Paulista disponibiliza aulas de artesanato às segundas-feiras, das 14h às 16h. Interessados em participar das atividades no local podem obter mais informações na unidade (Rua Eduardo Valeriano Nardelli, 367) ou pelo telefone 4823-9283.

Já o Centro de Referência de Assistência Social do Jardim Caçula disponibiliza aulas de alongamento às segundas-feiras, em dois horários: das 14h às 15h, e das 15h às 16h. Interessados em participar das atividades no local podem obter mais informações na unidade (Rua Fagundes Varela, 7) ou pelo telefone 4828-1327.

Comente aqui