Data: 22/04/2013 13:44 / Autor: Redação / Fonte: PMRP

Ribeirão Pires prepara equipes para programa de Planejamento Familiar

Prefeitura está promovendo treinamento para profissionais que participarão das ações da cidade


 

A Secretaria de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires está preparando os profissionais das nove Unidades de Saúde da Família e Unidades Básicas de Saúde da rede municipal para o atendimento pelo programa de Planejamento Familiar. A previsão é que ainda neste semestre equipes multidisciplinares – formadas por médico, enfermeiro e psicólogo – reforcem ações de orientação sobre método contraceptivo e realizem acompanhamento e avaliação de casos em que a mulher opta por intervenção cirúrgica.

O objetivo da ação é contribuir para o controle de casos de gravidez indesejada. Além da formação de equipe qualificada para atender as pacientes que solicitam informações e auxílio para prevenir a gravidez não planejada, com a implantação do programa, a Prefeitura disponibilizará profissional para atender os casos em que realmente a intervenção cirúrgica for a opção da mulher, depois de passar por longo processo de avaliação e aptidão para tal procedimento.

A cirurgia de laqueadura será feita na rede apenas para pacientes que optarem pelo método definitivo de contracepção e forem aprovadas pela equipe multidisciplinar. “Mulheres com companheiros, por exemplo, receberão informações sobre outros métodos disponíveis gratuitamente na rede. Entrevistaremos o casal para avaliar se essa é realmente uma decisão conjunta e consciente da impossibilidade de reverter o processo”, explicou o secretário de Saúde e Higiene da cidade, Dr. Fernando Antonio Blandi.

Atualmente, enfermeiros e profissionais das unidades de saúde da rede oferecem informações sobre os métodos disponíveis e esclarecem dúvidas.

A Prefeitura disponibiliza, sem custos, preservativos masculinos e femininos, contraceptivos tomados via oral, injeções mensais ou trimestrais e o DIU.

 “Garantir o acesso à informação e aos métodos de contracepção é uma maneira de permitir que moradores da cidade possam planejar o crescimento da família, de acordo com condições financeiras, entre outros fatores que interferem nessa decisão tão importante”, afirmou Blandi.

Comente aqui