Data: 16/04/2013 16:22 / Autor: Redação / Fonte: PMRP

Ribeirão Pires planeja construção de Parque Escola ambiental

Investimento em cerca de R$ 1 milhão será possível em parceria entre várias secretarias


Idealizado pela Secretaria de Educação e Inclusão, em parceria com a Secretaria de Planejamento Urbano, Habitação, Meio Ambiente e Saneamento Básico (Sephama), o projeto de construção de dois Parques Escola em Ribeirão Pires foi apresentado pela Prefeitura recentemente. A primeira unidade ficará localizada dentro da Escola João Midolla, no bairro Quarta Divisão, e deve ser entregue ainda esse ano, com investimento de R$ 1 milhão.

O projeto do Parque Escola Ambiental João Midolla, como será chamado, conta com ações como reuso de água, captação solar, medidores sanitários e sensores nas torneiras, intervenções que envolvem mudanças no paisagismo, montagem de horta, implantação de sistema de captação de água de chuva e orientação para preservação dos recursos naturais, como consumo sustentável de água e energia elétrica. A parte do projeto que prevê a reforma das escolas já existentes no espaço e fazer a cerca de toda a área custará R$ 600 mil, recursos provenientes da própria Secretaria de Educação da cidade. Já na criação do parque ecológico, a Sephama investirá R$ 400 mil.

De acordo com a vice-prefeita e também Secretária de Educação e Inclusão, Leonice Moura, o projeto é importante por aliar espaço aberto para a população e aulas que abordem coleta seletiva, aquecimento solar e contato com fauna e flora. “Aproveitando que já há espaços capacitados para isso em nossa cidade, criaremos uma educação transversal onde as crianças são motivadas e ampliam conhecimento e habilidade”, explicou a secretária.

A Escola Municipal João Midolla atende 204 alunos em ensino fundamental e possui creche com 162 crianças. “O espaço também será aberto à comunidade, que vai poder cultivar as espécies que terão no parque e apreciar o espaço aos finais de semana”, afirmou Temístocles Cristofaro, secretário de Planejamento Urbano, Habitação, Meio Ambiente e Saneamento Básico.

A Secretaria de Infraestrutura Urbana será a responsável pela manutenção do Parque.  “Por determinação do prefeito Saulo Benevides, haverá suporte de uma equipe praticamente disponibilizada só para o Parque. A Secretaria de Infraestrutura conta, inclusive, com técnicos, engenheiros, arquitetos e também biólogos para acompanhar o trabalho”, afirmou o secretário da pasta, Crispim Santana.

A Prefeitura trabalha também em projeto para a construção de outra unidade do Parque Escola, prevista para ser instalada no Viveiro Municipal.

Maquete do projeto do Parque Escola Ambiental João Midolla
Maquete do projeto do Parque Escola Ambiental João Midolla

Crédito: Gabriel Mazzo

Comente aqui