Data: 15/01/2021 18:42 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Ribeirão Pires orienta população sobre o uso do aplicativo Conecte SUS

Aplicativo disponibilizará informações sobre as fases de vacinação, com datas e respectivos grupos a serem imunizados


Crédito: Divulgação

O Ministério da Saúde desenvolveu o aplicativo Conecte SUS, a fim de integrar todos os dados dos cidadãos ao Sistema Único de Saúde (SUS), bem como para facilitar o acesso às informações sobre as fases de aplicação da vacina contra a Covid-19.

No aplicativo, o usuário já pode ter acesso ao seu número de cadastro no SUS e, em breve, poderá acompanhar o cronograma de fases da vacinação, com datas e respectivos grupos a serem imunizados, além do histórico recente das últimas aplicações. A pessoa também terá acesso ao lote da vacina que recebeu e ficará informado sobre a data da aplicação da segunda dose contra a Covid-19.

“É importante que as pessoas baixem o aplicativo, que é um canal oficial de distribuição da informação, principalmente ao grupo prioritário. É a tecnologia como facilitador da vida do cidadão”, comentou o secretário de Saúde de Ribeirão Pires, Audrei da Rocha.

Confira o Passo a passo para cadastro no aplicativo Conecte SUS

1.Entre na loja de aplicativos e baixe o Conecte SUS

2.Acesse a página de início e informe seu CPF

2. Valide informações básicas, como data de nascimento e filiação

3. Crie uma senha com letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos

4. Ao ser redirecionado, informe seu número de celular para receber um

código de confirmação

3. Aceite a autorização de uso de dados pessoais

5. Aceite os termos de uso

6. Veja sua página com histórico de atendimentos, exames, consultas, doações e recebimento de medicamentos

A prefeitura de Ribeirão Pires esclarece que o aplicativo Conecte SUS não substitui a apresentação da carteira de vacinação e documento oficial com foto para aplicação da vacina. A cidade está inserida no Plano Nacional de Imunização, aguardando aprovação das vacinas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), para dar início às aplicações.

Comente aqui