Data: 13/11/2019 17:13 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Ribeirão Pires inicia projeto “Horta na Escola” em unidade do Santa Rosa

Crianças da E.M. Yoshihiko Narita participam do plantio de mudas de verduras, legumes e frutas, ampliando compreensão sobre alimentação saudável


Crianças da E.M. Yoshihiko Narita
Crianças da E.M. Yoshihiko Narita

Crédito: João Damasio

Os alunos da Escola Municipal Yoshihiko Narita, no Santa Rosa, participaram na manhã dessa quarta-feira, dia 13, de plantio de mudas de verduras, legumes e frutas. A atividade integra o projeto “Horta nas Escolas”. Foram plantados quiabos, jiló, tomate cereja, berinjela, beterraba e alface. O prefeito da cidade, Adler Teixeira – Kiko, acompanhou a ação.

“Nossas equipes da Educação realizam atividades que, de forma lúdica, ensinam as crianças sobre temas como bons hábitos de alimentação, valorizando o cultivo, e estimulam o crescimento saudável dos estudantes”, disse Kiko.

A partir do plantio, a expectativa é que a colheita seja iniciada em meados de dezembro. O projeto “Horta na Escola” é coordenado pela professora Sueli Menezes e leva às crianças a prática da alimentação saudável e o conhecimento sobre o plantio e o cultivo de alimentos, além do desenvolvimento da compostagem.

De acordo com a coordenadora do projeto, os cuidados com as hortas são feitos pelos próprios alunos, com auxílio dos professores, que revezam nas atividades. “Ao longo das semanas, os alunos regam e cuidam da horta escolar. Quando chega o tempo da colheita, mais uma vez as crianças participam das atividades. Estamos estimulando a alimentação saudável, despertando a curiosidade das turmas para novo tipos de alimentos, que são consumidos na merenda escolar", explicou a professora Sueli.

Participam do “Horta na Escola” estudantes matriculados na Educação Infantil da rede municipal. As seguintes escolas já realizam o plantio e colheita de verduras e legumes como chuchu, alface e beterraba: Tia Mariinha, na Vila Suíssa; Professora Neusa Luz Sanches, no Centro Alto; Monteiro Lobato, na Vila Sueli; e Maria Siqueira de Paula, Pilar Velho.

Ainda neste mês, estão previstas atividades do projeto nas unidades escolares Maria Siqueira de Paula, Jardim Pilar; Maria Gomes do Pilar, na Vila Gomes. A meta é implantar as atividades de horticultura nas 33 escolas municipais da cidade.

Para a secretária de Educação, Flávia Banwart, o projeto alia inúmeros benefícios para o desenvolvimento saudável das crianças. “Essa é mais uma forma de garantir a qualidade da merenda escolar que é oferecida aos alunos, que se tornam protagonistas em ações que trabalham valores para a vida”, avaliou.

Comente aqui