Data: 27/01/2022 11:26 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Equipe Ambiental de Ribeirão Pires captura cobra na Estação de trem

A Cobra Boipeva, não é peçonhenta, porém devido a sua aparência ela é facilmente confundida com uma jararaca


Além da cobra, a equipe salvou também uma saracura que estava no Parque Oriental
Além da cobra, a equipe salvou também uma saracura que estava no Parque Oriental

Crédito: PMETRP

A Secretaria de Meio Ambiental, Habitação e Desenvolvimento Urbano de Ribeirão Pires, por meio do Departamento de Proteção à Fauna e Bem Estar Animal, realizou nesta terça-feira, dia 25, o resgate de uma Cobra Boipeva na Estação Antonio Bespalec, no centro da Estância. O animal é muito semelhante a uma jararaca, porém não é peçonhenta.

A serpente foi avistada por funcionários da rede de trens, que acionaram o departamento. O animal passou por avaliação do corpo médico da equipe e foi liberado em uma área mais afastada e longe da presença humana.

Cobra-Boipeva - Também chamada de boipeba, capitão-do-campo, cabeça-chata, jaracambeva, entre outros nomes, a espécie é conhecida por realizar o mimetismo como forma de defesa, ou seja, ela se parece com uma espécie mais perigosa, o que evita predadores. O animal é típico da fauna brasileira e pode atingir até dois metros de comprimento.

Saracura - Ainda na terça-feira a equipe realizou o resgate de um filhote de saracura no Parque Oriental. A ave está passando por cuidados veterinários, mas está bem e ficará em posse da equipe até ter tamanho para sobreviver sozinho na natureza.

Para resgates, denúncias ou entregas voluntárias os números do departamento para contato são: 4824-4197 ou 97211-1112, este último também aceita mensagens via WhatsApp.

 A cobra não é peçonhenta, porém pode ser facilmente confundida com uma jararaca
A cobra não é peçonhenta, porém pode ser facilmente confundida com uma jararaca

Crédito: PMETRP

Comente aqui