Data: 06/11/2019 15:02 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Alunos do projeto “Horta na Escola” de Ribeirão Pires fazem a primeira colheita

Alface, rúcula e escarola estão entre os itens colhidos e servidos na merenda preparada na escola para os alunos


Alface, rúcula e escarola estão entre os itens colhidos e servidos na merenda preparada na escola para os alunos
Alface, rúcula e escarola estão entre os itens colhidos e servidos na merenda preparada na escola para os alunos

Crédito: Mariana Rodrigues

Após dois meses de cultivo, aprendizados e mãos na terra, os alunos da Escola Municipal Tia Mariinha, no bairro Vila Nova Suíssa, colheram nesta quarta-feira, dia 6 de novembro, as primeiras hortaliças do projeto “Horta na Escola”. A ação da Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Educação, além de estimular a alimentação mais saudável, possibilita aos pequenos estudantes o contato com a terra, em atividades manuais.

Nesta primeira colheita, estiveram presentes pais de alguns dos estudantes, o prefeito da cidade, Adler Teixeira – Kiko, o vice-prefeito, Gabriel Roncon e a secretária de Educação, Flávia Banwart.

Na E.M. Tia Mariinha, o projeto beneficia 130 crianças com idades entre 4 e 6 anos.  Durante a ação, os alunos cuidaram do espaço e receberem informações sobre o cultivo e sobre a importância de hábitos saudáveis.

O pai da aluna Sophia Cruz Souza, de 6 anos, aprovou a iniciativa. “Estamos acompanhando de perto as ações e esse projeto tem estimulado minha filha a comer mais verduras e legumes em casa”, comentou Marcelo Souza.

“Todas as mudas que estão sendo colhidas foram plantadas pelos alunos. As crianças preparam o solo, limpam as mudas e, agora, com a colheita, utilizaremos a verdura na merenda escolar”, explicou a professora Sueli Menezes, responsável pelo projeto.

As seguintes escolas municipais já realizam o plantio de verduras e legumes como chuchu, alface e beterraba: Professora Neusa Luz Sanches, no Centro Alto; Monteiro Lobato, na Vila Sueli; e na Olivia Marques Petrilli, no Roncon.

Ainda neste mês, estão previstas atividades do projeto nas unidades escolares Maria Siqueira de Paula, Jardim Pilar; Maria Gomes do Pilar, na Vila Gomes; Yohihiko Narita, no Santa Luzia, Professor Antonio Lacerda Bacelar, no Jardim Serrano e Manoel Baptista da Silva, no Jardim Esperança.

Comente aqui