Data: 27/05/2020 10:33 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

“Educação no Trânsito” leva atividades online aos alunos de Ribeirão Pires

No período de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus, estudantes da Educação Infantil participam de ações de conscientização pela Internet


Educação para o Trânsito online - Aluna Melissa Damacena
Educação para o Trânsito online - Aluna Melissa Damacena

Crédito: PMETRP

Com a suspensão das aulas presenciais por causa do coronavírus, o programa de Educação no Trânsito promovido pela Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Transportes e Trânsito, com o apoio da Secretaria de Educação, também se adaptou para seguir levando informações para os estudantes. As aulas passaram a ser realizadas online, dentro do projeto “Brincando de Trânsito”.

Neste mês, participam das atividades remotas os alunos do Jardim I e II das escolas municipais Fiorindo Roncon, no Roncon; Herbert de Souza, no Jardim Caçula; Professor Sebastião Vayego de Carvalho, em Ouro Fino; e Francisca Lourenço de Melo, na Vila Rica.

Por meio de aplicativo de mensagens, vídeos são enviados para as Coordenadoras Pedagógicas e, posteriormente, para os professores e aos pais dos alunos. Com imagens lúdicas, a equipe do utiliza fantoches, a “Turminha do Trânsito”, para falar sobre respeito às leis e prevenção de acidentes. O personagem principal é o “Gugu”.

Na primeira videoaula, “Gugu” convida a criança a resgatar o conhecimento das cores do semáforo e, na sequência, propõe exercer o conhecimento na prática através da atividade corporal, na “Brincadeira do Semáforo”, fazendo com que os alunos relacionem as cores semafóricas com os cuidados que devemos ter no trânsito. A proposta da atividade também é brincar com a família. Ao final do exercício, o aluno faz desenho em folha de papel sulfite com o tema semáforo.

“Estamos readequando nosso trabalho e utilizando as plataformas digitais. Os conteúdos são totalmente produzidos em home office, mantendo as regras de distanciamento social para dar continuidade às nossas ações”, explicou o educador de Trânsito, Fábio Bertrani.

Para as famílias que não possuem acesso à Internet, a equipe de Educação no Transito preparou kits e os pais podem retiram os conteúdos na unidade escolar.

Aprendendo em casa - No início de abril, a Secretaria de Educação implantou o programa “Aprendendo em Casa” como forma de manter as atividades pedagógicas durante o período de combate ao coronavírus, por meios online, aos cerca de 7.500 alunos das escolas municipais. Cada unidade escolar disponibiliza aos pais/responsáveis pelos estudantes atividades por meio dos canais digitais, seguindo orientações da equipe pedagógica da Secretaria de Educação.

Além de atividades educativas, a Prefeitura tem promovido ações esportivas, cursos culturais, de entidades da Assistência Social, via Internet nesse período de suspensão de atividades presencias.

Comente aqui