Data: 12/04/2013 20:24 / Autor: Redação / Fonte: PMM

Projeto quer preparar detentos de Mauá para mercado de trabalho

Objetivo é inibir o retorno ao crime para os jovens presos do CDP em Mauá, que têm, em média, a 5ª série do Ensino Fundamental


 

Buscar mecanismos para ressocializar os jovens egressos do sistema carcerário em Mauá e, com isso, colaborar na redução dos indicadores de criminalidade de violência, é o objetivo de um projeto que está sendo elaborado pela Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Segurança Pública, Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Renda.

A proposta considera indicadores que demonstram que, dos 1200 presos no Centro de Detenções Provisórias (CDP), no Sertãozinho, 550 são da cidade. A escolaridade média dos detentos com idade entre 18 e 26 anos é o 5º ano do Ensino Fundamental e nenhuma alternativa para inserção no mercado de trabalho.

“Cabe à Prefeitura agir na prevenção à criminalidade e violência para proteger o cidadão. Por isso, estes jovens necessitam ter acesso à iniciação profissional como forma de evitar que retornem ao crime e tenham perspectivas para mudar de vida”, explicou o secretário de Segurança Pública, Carlos Wilson Tomaz.

Fundamentos como respeito, verdade, justiça, autocontrole, disciplina, entre outros, serão levados aos detentos.  Dicas como postura e comportamento, além de emissão de documentos, também estão entre as ações a serem realizadas.

Representantes das secretarias buscam parceria com o Judiciário e o setor empresarial, para implementação do projeto. “Vamos procurar as associações empresariais da cidade para que colaborem e possamos propiciar uma atividade produtiva dentro da unidade prisional, principalmente para os que já estiverem estudando”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciomar Okabayashi.

O secretário municipal de Trabalho e Renda, Marcelo Pereira Lucas, apresentou a proposta de Mauá para o secretário estadual do Emprego e Relações de Trabalho, Carlos Ortiz que demonstrou interesse. Segundo Pereira, “nossa equipe irá estudar a metodologia utilizada em política estadual semelhante para observar a viabilidade de utilizá-la no município”.

Na terça-feira (11/4), os secretários municipais estiveram em visita ao CDP, acompanhados do diretor da instituição, para discutir o projeto e conhecer as instalações para elaboração do material.

Comente aqui