Data: 20/01/2022 21:05 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Mauá

Mauá vacina crianças de 9 a 11 anos sem comorbidades contra a Covid

Imunização deste público começa nesta sexta-feira (21/01), nas 23 UBSs


Crédito: Edu Guimarães / PMM

A partir desta sexta-feira (21/01), as crianças de 9 a 11 anos sem comorbidades começam a receber a primeira dose do imunizante contra a Covid em Mauá. Até então, somente o público infantil de 5 a 11 com comorbidades, deficiência ou autismo vinham sendo vacinadas. A população-alvo é de 25.046 pessoas.

A ampliação do público somente foi possível graças a aprovação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) do uso da CoronaVac para este grupo etário.

As doses serão aplicadas nas 23 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h – Magini, Zaíra 2 e Flórida imunizam até as 20h. As crianças devem estar acompanhadas por pais ou responsável.

O público de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiência e autismo passa a ser imunizado nas UBSs, e não mais nas escolas municipais. Confira a lista de comorbidades no seguinte link: https://tinyurl.com/lista-comorbidades

Para agilizar o atendimento, pais ou responsáveis devem realizar o cadastro das crianças no site www.vacinaja.sp.gov.br. É preciso clicar no botão 'Crianças até 11 anos' e preencher os dados.

É necessário levar a carteira de vacinação e o CPF da criança. Quem ainda não tem o documento pode solicitá-lo pelo site da Receita Federal (https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/InscricaoPublica/inscricao.asp) ou em uma agência dos Correios.

Nesse caso, o pai ou responsável precisa apresentar RG próprio, Certidão de Nascimento ou RG da criança. O documento tem taxa de R$ 7, que deve ser pago na hora.

No caso das comorbidades também é preciso levar receituário, exames ou relatório médico com a descrição da comorbidade ou da deficiência.

É possível ajudar a combater a fome na cidade ao se imunizar. Doe qualquer alimento da cesta básica para a campanha 'Mauá na luta contra a fome' no dia em que for tomar a vacina. Não é obrigatório, mas ajudará muito a quem não tem o mínimo para colocar na mesa.

Comente aqui