Data: 28/09/2021 19:29 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Mauá

Mauá avança na aplicação das doses de reforço

Imunização contra a Covid segue em ritmo acelerado, com mais da metade da população tendo completado o esquema vacinal, inclusive com as doses de reforço


Crédito: Divulgação PMM

Em Mauá, a melhor forma de celebrar os números da vacinação é aplicando mais doses de imunizantes. Por isso, a cidade foi uma das pioneiras no Estado de São Paulo a iniciar a aplicação da terceira dose em profissionais de saúde. Nesta terça-feira (28/09), o município ultrapassou a marca de 56% da população com esquema vacinal completo, inclusive com as doses de reforço. O dado leva em conta a projeção de público estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Cristina Amadei é a responsável pela farmácia da UBS (Unidade Básica de Saúde) Flórida e se vacinou na tarde desta terça-feira. “Essa dose significa mais segurança, pois atuamos com muito carinho na linha de frente. Então, é uma proteção a mais”, contou ela, que já teve a Covid e perdeu o pai de 83 anos para a doença.

Regina Major, auxiliar de odontologia, ajuda no monitoramento dos pacientes pós-doença. Ela festejou a dose de reforço, mas não esqueceu do compromisso de seguir na batalha. “Tomar essa vacina representa uma vitória. Passamos, nesses quase dois anos, por situações bem difíceis, com medo, muitas vezes deprimida, mas sabendo da importância de termos forças para continuar lutando nessa guerra contra a Covid.”

A vacinação em profissionais de saúde, com as doses de reforço, continua nas 23 UBSs do município, de segunda a sexta, das 9h às 15h30 – as unidades Flórida, Magini e Zaira 2 funcionam até as 20h. Além disso, a tenda sanitária da Praça 22 de Novembro, ao lado do Terminal Municipal, aplica as doses das 17h às 20h.

Estão aptos a receber a terceira dose os profissionais de saúde que tenham completado o ciclo vacinal (duas doses ou dose única) em Mauá há pelo menos seis meses. É fundamental apresentar o comprovante de vacinação e documento com foto (CNH ou RG).

É possível ajudar a combater a fome na cidade ao se imunizar. Doe qualquer alimento da cesta básica para a campanha 'Mauá na luta contra a fome' no dia em que for tomar a vacina. Não é obrigatório, mas ajudará muito a quem não tem o mínimo para colocar na mesa.

Comente aqui