Data: 20/10/2021 20:43 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Mauá

Mauá atinge a marca de 600 mil vacinas aplicadas contra a Covid

Imunização está sendo realizada nas 23 Unidades Básicas de Saúde


Crédito: Governo do Estado de São Paulo

A campanha de vacinação contra a Covid em Mauá vem avançando e colhendo bons resultados. Nesta quarta-feira (20/10), o município ultrapassou a marca de 600 mil doses aplicadas – 600.789, no total. O número foi obtido pouco mais de um mês após a cidade registrar meio milhão de doses aplicadas.

A imunização na cidade teve início em 19 de janeiro, com o grupo dos profissionais de saúde. Em 9 fevereiro foi a vez dos idosos acima de 90 anos.

Três meses depois, Mauá alcançou 100 mil doses aplicadas, e em junho, 200 mil. Em 8 de agosto chegou a 300 mil. Dezesseis dias depois cravou 400 mil.

A campanha está sendo realizada com planejamento e em ritmo acelerado nas 23 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), das 9h às 15h30. Desde o começo da campanha de imunização no município não foi registrada falta de vacinas.

Para ampliar a cobertura vacinal na população, a Prefeitura adotou série de medidas. Estendeu até as 20h o horário de imunização das UBSs Magini, Flórida e Zaíra 2, e promoveu forças-tarefa e mutirões. O destaque foi o 'Arraiá da Vacinação', em junho, que imunizou 10.439 pessoas em um único dia. Também está realizando a busca ativa daqueles que não tomaram os imunizantes.

A vacinação segue avançando. O município antecipou a segunda aplicação da Pfizer para pessoas com 18 anos ou mais. Os integrantes deste grupo etário que tomaram a primeira dose há 21 dias já podem receber a segunda.

Munícipes que ainda não receberam a primeira, segunda ou terceira dose podem se dirigir a qualquer uma das UBSs da cidade.

Todos devem levar CPF e documento com foto (CNH ou RG). Menores de idade devem estar acompanhados de responsável e com a carteira de vacinação atualizada. Quem for tomar a segunda dose ou terceira dose não deve esquecer do comprovante de vacinação.

É possível ajudar a combater a fome na cidade ao se imunizar. Doe qualquer alimento da cesta básica para a campanha 'Mauá na luta contra a fome' no dia em que for tomar a vacina. Não é obrigatório, mas ajudará muito a quem não tem o mínimo para colocar na mesa.

Comente aqui