Data: 04/06/2020 10:40 / Autor: Redação / Fonte: PMM

Mauá anuncia entrega de kits de alimentação para crianças matriculadas em creches

Prefeitura também implementará o Jantar do Trabalhador no Terminal Rodoviário Central, mais um ponto de atendimento do Restaurante Popular, além da retomada do café da manhã


Mauá anuncia entrega de kits de alimentação para crianças de creches durante pandemia
Mauá anuncia entrega de kits de alimentação para crianças de creches durante pandemia

Crédito: Caio Arruda

Para minimizar os impactos causados pelo novo coronavírus, o governo do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, iniciará a distribuição de kits de alimentação especial para 6,7 mil crianças matriculadas em creches da rede municipal de ensino, a partir deste mês. A administração também retomará o Café do Trabalhador e lançará o programa Jantar do Trabalhador no Terminal Rodoviário Central, uma extensão de atendimento do Restaurante Popular, em modelo de marmitex pelo valor unitário de R$ 2.

Durante transmissão ao vivo nas suas páginas em redes sociais, na noite desta quarta-feira (3), Atila também confirmou a recarga de R$ 60 no Cartão Merenda Em Casa, que beneficia aproximadamente 22 mil alunos das escolas municipais, no início do próximo mês, para compra de alimentos em redes de supermercados e atacadistas. O valor é destinado a cada criança matriculada, enquanto que as unidades escolares permanecem com as atividades suspensas devido à Covid-19.

Segundo o Atila, a entrega de fórmulas lácteas para crianças de zero a 4 anos serão classificadas conforme necessidades de cada beneficiário, inclusive considerando restrições alimentares de 176 alunos, como intolerância à lactose, refluxo, alergia às proteínas de leite de vaca, hipercolesterolemias, entre outras especificações. “Fizemos um estudo amplo para atender às necessidades de cada aluno, garantir uma alimentação saudável e de forma responsável”, disse.

Para crianças de 4 a 5 meses de idade, serão entregues quatro latas de Aptamil1 de 800g cada; de 06 a 11 meses, quatro latas de Aptamil2 de 800g. Alunos de até 2 anos contarão com três latas de leite em pó, enquanto que para o restante acima dessa faixa etária receberá 2kg de composto lácteo e um litro de suco integral ou misto. “Essa medida tomada em Mauá é inédita, entre municípios do Estado, e espero de coração poder ajudar as famílias que têm sofrido com os grandes impactos causados pela Covid-19”, pontuou Atila.

Café do Trabalhador

Interrompido em decorrência do coronavírus, Atila anunciou a retomada do Café do Trabalhador a partir de segunda-feira (8) no Terminal Rodoviário Central, ao lado da Estação Mauá da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que liga São Paulo a Rio Grande da Serra. O serviço estará à disposição dos usuários das linhas municipais de ônibus que desembarcarem no local de segunda a sexta-feira, exceto em feriados, das 5h às 7h30 e a estimativa é que 2,3 mil pessoas sejam beneficiadas.

Jantar do Trabalhador

Outra ação inédita no Grande ABC é o Jantar do Trabalhador, ação que distribuirá no Terminal Rodoviário Central, 17h30 às 19h30, em uma etapa inicial, 300 marmitex pelo valor unitário de R$ 2 para a população, a mesma quantia cobrada no Restaurante Popular, que abre na Rua General Osório, 144, Vila Bocaina. O governo também planeja fazer adaptações estruturais no espaço de atendimento, para que o serviço seja disponibilizado tanto para usuários de ônibus como o público externo.

“Sempre tratamos com muito carinho o trabalhador de nossa cidade, por isso que lançamos o Café do Trabalhador. Sabemos do momento difícil que vivemos por causa do coronavírus e vamos ampliar o nosso acolhimento a quem mais precisa. O Jantar do Trabalhador é mais uma iniciativa inovadora que coloca Mauá como exemplo de atendimento para a nossa gente, a população dessa cidade que tanto amamos e trabalhamos”, destacou o prefeito.

Atila reforçou a importância da população permanecer em casa durante a pandemia, a fim de evitar a dispersão do surto. “Mauá está fazendo um grande trabalho contra o coronavírus, com ampliação de leitos (hospitalares) para Covid-19 e serviços essenciais para o povo. Mas nossos esforços dependem também da população, que deve ficar em casa e sair somente se necessário e com máscara. Até por isso, distribuímos 450 mil máscaras de pano, que podem ser novamente usadas após lavagem. Seguiremos trabalhando dia e noite pela nossa gente”, garantiu.

Comente aqui