Data: 24/09/2021 20:18 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Mauá

Estoque de medicamentos na rede municipal de saúde em Mauá chega a 86%

Marca não era atingida desde 2016; lista inclui itens em falta havia mais de um ano


Crédito: Divulgação / PMM

A Prefeitura de Mauá vem investindo esforços para suprir a demanda por medicamentos em falta na rede municipal. Ao assumir o governo, em janeiro, a atual gestão encontrou no estoque somente 198 dos 296 itens oferecidos à população, o equivalente a 67%. Oito meses depois, com a chegada de novos fármacos, o percentual saltou para 86%, marca que não era atingida desde 2016.

"Nosso compromisso é com a vida. Apesar de todos com problemas deixados pela gestão passada, estamos trabalhando com responsabilidade e planejamento para reconstruir nossa cidade. A população voltará a ter orgulho de viver em Mauá", afirmou o prefeito Marcelo Oliveira.

Atualmente, o município tem 254 dos remédios disponibilizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e que são concedidos aos usuários das UPASs (Unidades de Pronto Atendimento), UBSs (Unidades Básicas de Saúde), CRS (Centro de Referência em Saúde) e CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial).

Entre os produtos que retornaram ao estoque, alguns estavam havia muito tempo longe das prateleiras. Lactulose (para o tratamento da constipação intestinal e encefalopatia hepática), por exemplo, não era entregue desde agosto de 2019.

A lista inclui também itens muito procurados pela população, como vitamina A + D (gotas), paracetamol e propranolol, todos indisponíveis havia mais de um ano.

O abastecimento da rede de saúde somente foi possível graças ao empenho da administração municipal. No início do ano, ao se deparar com a ausência de atas vigentes de medicamentos e insumos, fundamentais para adquirir estes produtos, a Prefeitura deu andamento aos trâmites licitatórios.

Como os processos de compras em órgãos públicos têm procedimentos burocráticos, a entrega costuma levar tempo, o que foi acentuado por conta da pandemia, fazendo com que somente agora o estoque chegasse a um bom patamar.

Comente aqui