Data: 16/04/2013 19:33 / Autor: Redação / Fonte: PMM

Desarmamento infantil começa em Mauá

Donisete Braga assume o desafio de promover a Cultura de Paz


Teatro Municipal reuniu aproximadamente 500 pessoas para conhecer o projeto
Teatro Municipal reuniu aproximadamente 500 pessoas para conhecer o projeto

Crédito: Evandro Oliveira/ PM

Considerado um marco na história da cidade por muitos participantes, o lançamento da Campanha de Desarmamento Infantil em Mauá, na noite de segunda-feira (15/4), no Teatro Municipal, reuniu aproximadamente 500 pessoas para conhecer o projeto. Durante o discurso o prefeito Donisete Braga lembrou que algumas “brincadeiras antigas como pião, carrinho de rolimã, bolinhas de gude e outras eram saudáveis e deixavam boas recordações. Neste momento, em que tantas crianças e adolescentes cometem crimes, é preciso investir em ações educativas e sociais que acabam por colaborar na prevenção da violência e criminalidade”.

“A família é essencial neste debate. A mudança começa em casa com os pais que dão limites e educam seus filhos”, disse Donisete Braga. Ele afirmou que programas como o de manutenção dos espaços públicos, como Cidade Limpa e a conscientização sobre o respeito ao uso da faixa de segurança, por exemplo, trabalham com o conceito de educação para o benefício coletivo, pelo respeito aos direitos de cada cidadão.

A campanha será realizada em escolas municipais e estaduais, igrejas, entidades sociais e instituições da sociedade civil, entre outras, envolvendo crianças, adolescentes e seus pais e educadores. Ela atende à lei municipal nº 4828, que define a Semana do Desarmamento Infantil de 10 a 15 de abril. No entanto, a Prefeitura de Mauá realizará até dezembro as atividades ligadas ao programa.

Segundo seu coordenador, o secretário de Segurança Pública, Carlos Wilson Tomaz, é um primeiro passo na construção da Cultura de Paz para que a cidade possa trabalhar agora um futuro com menos violência. “A proposta da campanha é iniciar o debate na família, com os educadores e com a sociedade civil, para apresentarmos alternativas para a construção de uma cidade melhor. Queremos discutir também sobre drogas, bulling, como substituir jogos de videogame violentos e outras coisas”, explicou o secretário.

O lançamento também contou com a presença de representantes das polícias civil e militar, da deputada federal, Keiko Ota, conselheiros tutelares, secretários municipais, vereadores, autoridades, professores e estudantes. Inspirada em campanha semelhante realizada na cidade de Diadema, que já recolheu 60 mil armas de brinquedo em 10 anos, Mauá terá eventos de destaque no dia 17 de maio, quando se homenageia o dia de combate ao abuso sexual infantil; no Dia da Infância, em agosto; a Caminhada da Paz, em 21 de setembro; Dia das Crianças, em 12 de outubro; e uma avaliação das atividades realizadas durante todo o ano nos bairros da cidade, em novembro.

Comente aqui