Data: 24/09/2019 09:35 / Autor: Redação / Fonte: PMM

Atila aumenta em até quatro vezes rendimentos de catadores

Prefeito de Mauá anunciou subsídio mensal a colaboradores da Coopercata, que passam a ter ganhos próximos de R$ 1.000


 Atila assina convênio para subsídios aos catadores junto com representantes da Coopercata
Atila assina convênio para subsídios aos catadores junto com representantes da Coopercata

Crédito: Caio Arruda/PMM

O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, anunciou no último sábado (21) a assinatura de convênio de prestação de serviços com a Coopercata (Cooperativa de Catadores de Papel, Papelão e Material Reciclável de Mauá), que pode resultar em ganhos de R$ 708 para cada um dos 30 catadores, que receberão também pela comercialização de materiais recicláveis. Essa soma pode ultrapassar R$ 1.000, valor quatro vezes maior aos R$ 250 mensais em rendimentos anteriores ao acordo.

Segundo Atila, a iniciativa é a primeira que oferece aos catadores um rendimento por parte da administração municipal, uma amostra de consideração à categoria, que antes recebia os rendimentos apenas por meio da cooperativa. “Esses cooperados farão a coleta seletiva, triagem e destinação adequada dos recicláveis. Antes este serviço prestado juntava apenas 15 toneladas de resíduos sólidos e com o novo contrato de trabalho, vai reciclar 70 toneladas por mês”, projetou.

Os recursos destinados às remunerações dos cooperados sairão Fundo Municipal do Meio Ambiente, que arrecada capital por meio de pagamentos de compensações ambientais, multas, licenciamentos e outras fontes relacionadas à Secretaria de Meio Ambiente. Atualmente a Prefeitura empresta o caminhão da coleta e profissionais como motorista e ajudantes, onerando os cofres públicos. A partir de agora, o governo deixa de realizar este empréstimo, evitando custos de R$ 387 mil mensais.

Para Atila, a medida é um reconhecimento ao protagonismo dos catadores no reaproveitamento de materiais recicláveis. A expectativa do governo é que a iniciativa em geral também facilite a destinação correta de rejeitos, assim evitando que materiais recicláveis sejam destinados ao aterro. “A iniciativa não apenas beneficia os próprios catadores da Coopercata, mas a toda Mauá. Preocupar-se com o meio ambiente é se preocupar com o futuro de nossa cidade e qualidade de vida ao nosso povo”, resumiu.

Atila assina convênio para subsídios aos catadores junto com representantes da Coopercata
Atila assina convênio para subsídios aos catadores junto com representantes da Coopercata

Crédito: Caio Arruda/PMM

Comente aqui