Data: 04/02/2020 09:26 / Autor: Redação / Fonte: PMM

Atila anuncia 110 bolsas de estudos da Uninove para alunos baixa renda

Bolsas contemplam 50% das mensalidades para cursos de ensino superior à distância e presenciais a residentes na cidade


Prefeito Atila Jacomussi
Prefeito Atila Jacomussi

Crédito: Elson Alex/PMM

Focado em transformar Mauá em um polo universitário, o prefeito Atila Jacomussi anunciou, nesta segunda-feira (3), a abertura de 110 novas bolsas de estudos com desconto de 50% nas mensalidades destinadas à população de baixa renda, referentes às graduações oferecidas pela Uninove (Universidade Nove de Julho) no município. Ao todo, serão 100 vagas ofertadas no ensino superior à distância e dez presenciais; e o processo de inscrição ocorre entre 10 e 17 de fevereiro.

Por meio de uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, Atila confirmou as bolsas para este ano letivo e assegurou que o objetivo do governo é transformar, cada vez mais, Mauá em um polo universitário. “Desde que trouxemos a Uninove, os filhos de Mauá passaram a ter a oportunidade de ter o seu diploma sem ter de sair da cidade. E, cada vez mais, avançamos no acesso universitário para a população de baixa renda, que agora tem à disposição 110 bolsas de estudo”, destacou.

Os cursos EAD estão disponíveis no site da Uninove, enquanto as bolsas para as aulas presenciais contemplam as graduações de administração, direito, psicologia, tecnologia e recursos humanos. Segundo Atila, o governo trabalha para expandir a iniciativa a outras instituições de ensino superior na cidade. “Estamos em tratativas e espero anunciar brevemente. Vamos transformar Mauá em uma cidade universitária”, garantiu.

Para concorrer às vagas, o postulante deverá se matricular na Uninove, residir em Mauá há dois anos no mínimo, ter participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir de 2009, não ter diploma de graduação e possuir renda família em até dois salários mínimos. A avaliação das condições para a obtenção do benefício será realizada diante de uma comissão composta por três representantes do Executivo.

Uma vez feita a matrícula na instituição de ensino, o candidato interessado no processo de seleção deverá comparecer à Secretaria de Educação (Rua Rio Branco, 183, Centro), a partir da próxima semana, das 10h ao meio-dia e das 13h às 20h, munido de cópia do comprovante de inscrição na universidade.

A comissão poderá realizar visita social no endereço indicado pelo candidato, com o intuito de averiguar a composição e a condição socioeconômica do grupo familiar declarado no processo de seleção. Segundo o número de vagas ofertadas em cada curso, os interessados pelo benefício, que atenderem integralmente os pré-requisitos definidos, serão classificados conforme a ordem de menor renda familiar mensal, maior nota do Enem e maior idade.

O bolsista terá o benefício por um ano letivo e pode prorrogá-lo nos mesmos períodos subsequentes, caso não haja alteração na condição socioeconômica e obtenção de diploma de ensino superior nesse tempo, e se mantiver a aprovação em mais de 75% das disciplinas dos semestres cursados. A Prefeitura de Mauá solicitará, anualmente, a comprovação dos critérios para manutenção da bolsa de estudos.

Mais anúncios – Durante a transmissão em sua página do Facebook, Atila destacou as bolsas de 100% para professores da rede pública de Mauá, que passarem nos concurso de mestrado e doutorado, além do plano de reformas das escolas municipais, que já são monitoradas 24 horas diárias pelo CCO (Centro de Controle Operacional). O prefeito também ressaltou que lançará um novo modelo de distribuição do uniforme escolar neste ano, por meio de um cartão para a família comprar os kits em locais conveniados.

Comente aqui