Data: 17/10/2019 16:48 / Autor: Redação / Fonte: PMD

Seminário em Diadema debate preconceito religioso

Com programação durante todo o dia, o evento ocorrerá a partir das 9h, no Teatro Clara Nunes


Com o objetivo de estimular o respeito à liberdade religiosa e disseminar a cultura africana, a Coordenadoria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (CREPPIR) da Prefeitura de Diadema realizará neste domingo, 20/10, o Seminário de Matriz Africana, Umbanda e Candomblé. 

Serão cinco mesas de conversas compostas por estudiosos, ativistas e representantes das religiões de matriz africana que abordarão temas como A Contribuição da Tecnologia do Povo do Continente Africana e O Preconceito, Racismo, Intolerância Religiosa na Religião da Umbanda e Candomblé. A programação também contará com feira de  afroempreendedores, capoeira e dança cigana.

Para o coordenador do CREPPIR, Jurandir de Souza, a intenção é vencer o preconceito a partir do conhecimento. “Tem gente com vergonha de dizer que segue alguma religião de matriz africana. Por isso, a intenção de reunir não só essas pessoas, mas também quem estuda a religião ou tem interesse no assunto para reforçar o valor da cultura negra na cidade”, comenta.

“A população de Diadema é majoritariamente negra. É importante que ela tenha acesso à história e cultura do seu povo. Se conseguirmos despertar a curiosidade e o interesse da população para esses temas, a missão estará cumprida”, avalia o coordenador Jurandir de Souza.

Serviço:

Seminário de Matriz Africana, Umbanda e Candomblé

Domingo 20/10

Das 9h às 17h

Teatro Clara Nunes

Rua Graciosa, 300 – Centro

Comente aqui