Data: 27/05/2022 20:24 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Diadema

Quilombolas vendem orgânicos na feira noturna de Diadema

Antes de irem à feira, os agricultores quilombolas apresentaram os seus produtos para funcionários públicos da Prefeitura de Diadema


Crédito: Igor Andrade / PMD

Os frequentadores da feira noturna da Praça da Moça tiveram uma boa surpresa, ontem à noite, ao fazer suas compras. Um grupo de trabalhadores da Cooperativa dos Agricultores Quilombolas do Vale do Ribeira (Cooperquivale) levaram produtos orgânicos e agroecológicos para vender no local.

O público pode comprar frutas, legumes, verduras, ervas e temperos vindos diretos da roça, cultivados sem adição de agrotóxicos e tirados do pé no tempo certo de colheita. Também foram comercializados alimentos artesanais, como doces, farinha de mandioca, mel, bananas chips e geleias.

Antes de irem à feira, os agricultores quilombolas apresentaram os seus produtos para funcionários públicos da Prefeitura de Diadema. No estacionamento da Secretaria de Segurança Alimentar, das 11h às 14h, eles montaram barraca e fizeram suas vendas. 

O contato para que a venda dos orgânicos acontecesse foi feito pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar. Segundo o responsável pela pasta, Gel Antônio, a experiência piloto servirá como estudo, para que a venda de produtos da agricultura familiar passe a ser regular na feira noturna. “Estamos conversando com o pessoal da Cooperquivale e avaliando a possibilidade de comercialização quinzenal na feira. Mas, também queremos levar a venda para outros locais”, disse

Fundada no ano de 2012, na cidade de Eldorado (SP), a Cooperquivale organiza e estrutura o comércio de 17 quilombos. O grupo trabalha com o objetivo de garantir renda aos cooperados e também pela valorização da produção local.

É no Vale do Ribeira que está a maior área contínua de mata atlântica do país, 21% dos remanescentes do bioma. A região, ainda abriga caiçaras, indígenas e caboclos.

Comente aqui