Data: 23/04/2013 17:33 / Autor: Redação / Fonte: PMD

Profissionais do SAMU concluem Curso de Suporte Básico de Vida

Enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas receberão certificados de conclusão na próxima quarta-feira


 

Será realizada no próximo dia 24 de abril, quarta-feira, a entrega de certificados para 40 profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Diadema que concluíram o curso de Suporte Básico de Vida (SBV), promovido pelo Programa de Capacitação para Profissionais do Atendimento Pré-Hospitalar Fixo e Móvel – Rede SAMU 192.

A cerimônia acontecerá no anfiteatro do Quarteirão da Saúde, às 19h, e contará com a presença do prefeito do município, Lauro Michels, familiares dos alunos e outras autoridades.

O curso, voltado para enfermeiros, técnicos de enfermagem e motoristas socorristas do SBV do SAMU da cidade, foi ministrado pelo Ministério da Saúde (MS) em parceria com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, entre os meses de agosto de 2010 e setembro de 2012.

Entre aulas presenciais e on line, o curso soma mais de 300 horas de carga horária. Os conceitos foram desenvolvidos em 16 módulos que abordam traumas, múltiplas vítimas, emergências clínicas (pediátricas, obstétricas e psiquiátricas, entre outros temas.

Atendimento qualificado
Os benefícios da capacitação se estendem à população que terá uma equipe de atendimento cada vez mais preparada e qualificada para atender as ocorrências.

Para o coordenador do Núcleo de Educação Permanente (NEP), Paulo Hori, o curso permitiu atualizar os conhecimentos sobre os protocolos clínicos de Vida Básicos e Avançados que passaram por mudanças desde 2010. “A capacitação vem ao encontro da meta do NEP, que é a educação continuada e permanente”, explicou.

Dos 40 participantes, dois serão tutores, ou seja, multiplicadores dos conhecimentos adquiridos no ambiente de trabalho. Os tutores, enfermeiros do NEP do SAMU de Diadema poderão realizar capacitações para outros servidores.

SAMU
Com aproximadamente 130 funcionários, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e motoristas socorristas, o SAMU oferece atendimento de urgência humanizado e com rapidez necessária ao serviço, transporte hospitalar, além de desempenhar ações sociais e de ensino dos princípios básicos de socorro às vítimas.

As chamadas recebidas pelo telefone 192 são atendidas por um técnico auxiliar de regulação médica que colhe as primeiras informações sobre a ocorrência. Um médico regulador avalia a gravidade do caso e dá as primeiras orientações para quem está no local. Em casos graves, o médico só desliga quando chega o SAMU.

Solenidade de entrega de certificados
Anfiteatro Quarteirão da Saúde, às 19h
Avenida Antonio Piranga, 700 – Centro.

Comente aqui