Data: 28/01/2016 16:08 / Autor: Marcos Luiz / Fonte: PMD

Museu de Arte Popular de Diadema expõe obras que retratam o carnaval

Sempre em sintonia com a cultura popular brasileira, o Museu de Arte Popular de Diadema, está realizando a exposição “Festejando”, que homenageia a maior festa brasileira: o carnaval


A Escola de Samba em Copacabana
A Escola de Samba em Copacabana

Crédito: Obra de Tavares

reúne pinturas de diversos artistas brasileiros contemporâneos. “São obras que demonstram a alegria e musicalidade do nosso povo, além da importância das manifestações de cultura popular”. A visitação, gratuita, vai até o dia 19 de fevereiro, de segunda à sexta, das 9h às 18h.

Dentre as obras expostas no MAP, o público pode apreciar "A Escola de Samba em Copacabana" e "Carnaval na Avenida Tiradentes", pinturas de Tavares. Também estão sendo exibidas "Desfile no Pelourinho dos Filhos de Gandhy”, de A. Almeida, e "Dança Moçambique", assinada por João Cândido da Silva.

Reinaugurado, recentemente, o MAP reúne obras de artistas de Diadema como Jerônimo Soares, Zé Pretinho e Geni Santos, com pinturas, objetos, esculturas e xilogravuras. Além de exposições, o museu realiza ações educativas e festas que permeiam expressões plásticas e cênicas da cultura popular. Atualmente, mantido apenas pela Secretaria de Cultura de Diadema, o MAP, criado em 2007, é o primeiro na região do ABCD em acervo de importantes nomes da arte popular nacional, com foco na Arte Naif, nome dado aos trabalhos de artistas sem formação acadêmica. No acervo, há cerca de 800 obras dos mais importantes artistas populares do Brasil, como Aécio de Andrade, Cícero Lourenço, João Cândido da Silva, Lourdes de Deus, Odonagué e Waldomiro de Deus.

Novas instalações - O processo de reinstalação do museu foi baseado em normas técnicas do Sistema Estadual de Museus (SiSEM-SP). Entre as principais melhorias estão a nova iluminação técnica especial, climatização das salas, vedação para ruídos, espaço para reserva técnica e área para realização de cursos e palestras. “A nossa principal matéria prima são os artistas da cidade. A grande diferença neste museu, que é vivo, são os detalhes. Aqui, os artistas terão sua identidade e obras preservadas”, comentou o secretário de Cultura, Gilberto Moura.

Serviço:
MAP - Museu de Arte Popular de Diadema
Rua Professora Vitalina Caiafa Esquível, 96 - Centro – Diadema
Exposição de homenagem ao carnaval: “Festejando”
Visitas de Segunda à Sexta, das 9h às 18h

Comente aqui