Data: 24/03/2016 17:52 - Alterado em: 05/03/2020 17:26 / Autor: Izabel Urbano / Fonte: PMD

Espetáculo O Músico e a Bailarina é destaque cultural.

Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo recebe o espetáculo “O Músico e a Bailarina” com a bailarina diademense Arlene Ramos e participação do violonista Paulo Assis


Neste sábado (7/3) e domingo (8/3), às 19h, no Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo (CRDSP), a bailarina Arlene Ramos realiza o espetáculo autoral “O Músico e a Bailarina”, com participação do violonista Paulo Assis. As duas apresentações são com entradas gratuitas e integram a programação de eventos, realizados na capital paulistana, em razão ao Dia da Mulher lembrado no mês de Março.

A concepção da dança foi baseada no poema Estas Mãos, de Cora Coralina, que fala sobre o cotidiano e o trabalho da mulher. A artista também buscou inspiração na poesia de Alexandre Machado e Charles Chaplin para dar corpo à coreografia, que tem direção cênica da também bailarina Thaís Lima. Durante a apresentação Arlene fala trechos dos poemas e o ritmo da dança fica por conta das intervenções musicais de Paulo Assis, que realiza solos ao violão com composições de Erik Satie, Paulinho Nogueira, Bach e Villa-Lobos.

“Para mim, é muito significativo fazer esse espetáculo no CRD de São Paulo. Além do local que é uma referência em dança, domingo, 8 de março, é o Dia da Mulher, e estas apresentações serão uma homenagem à todas as mulheres”, afirma Arlene que recebeu convite, em 2018, para apresentar “O Músico e a Bailarina” no Festival Internacional do Caribe, em Cuba, mas à época não foi possível. Enquanto isso, o espetáculo passou por espaços como Centro Cultural Olido, Festival de Inverno de Paranapiacaba, Fábrica de Cultura Diadema e Teatro Clara Nunes.

Foi em Diadema que Arlene Ramos iniciou-se no mundo da dança. Ela frequentou por muito tempo as oficinas oferecidas pelo Município e teve aulas com a bailarina e coreógrafa Ivonice Satie e também com Sandro Borelli, entre outros. A artista criou outras montagens em dança, entre elas “A Morte de Um Inocente” e “Forças da Natureza”. Atualmente, além da dança, a bailarina realiza trabalho social ministrando oficinas de Consciência Corporal para frequentadores do CAPS-AD em Diadema.

Paulo Assis, além de violonista, é professor, compositor e produtor musical. Apreciador do violão ele estuda o instrumento há vários anos e fez aulas de harmonia e improvisação com Jarbas Barbosa e, arranjo para pequenas formações, com o maestro Todd Murphy. Como instrumentista e compositor participou de festivais e fez apresentações no Centro Cultural São Paulo, Auditório do Parlatino no Memorial da América Latina e Rede Sesc, entre outros. Como músico tocou em shows de Dinho Nascimento e da cantora Célia e foi diretor artístico e executivo da Banda Jazz Sinfônica de Diadema. Com esse grupo realizou vários concertos, com as participações de diversos artistas, entre eles Raul de Souza, Fabiana Cozza, Vânia Bastos, Ulisses Rocha e Bocato, e também produziu dois CDs: Brazzilidades, com participação de Hermeto Pascoal, e Noel Rosa , com músicas do compositor carioca. Ainda com a sinfônica diademense coordenou projeto de apresentação da BJSD no 45º Montreux Jazz Festival 2011, na Parc de Vernex, na Suíça.

SERVIÇO:

Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo - CRDSP. Galeria Formosa -Baixos do Viaduto do Chá, S/N, Centro. Acesso pelo lateral direita do Teatro Municipal de São Paulo.

O Músico e a Bailarina
O Músico e a Bailarina

Crédito: Marcos Luiz

Comente aqui