Data: 24/02/2020 08:24 / Autor: Redação / Fonte: PMD

Dicas de trânsito animam aulas da Fundação Florestan Fernandes

Cia. teatral fez apresentações musicais e distribuiu brindes em ação com estudantes da Fundação


Dicas de trânsito animam aulas da Fundação Florestan Fernandes
Dicas de trânsito animam aulas da Fundação Florestan Fernandes

Crédito: Thiago Benedetti

Estudantes de três turmas da Fundação Florestan Fernandes (FFF) assistiram, na tarde da última sexta-feira (21), a uma animada encenação musical da Cia Sopa da Comédia. A ação, realizada em parceria com a Secretaria de Transportes, tratou dos perigos de combinar álcool e direção e ocorreu dentro das salas, atingindo alunos com idades entre 15 e 20 anos.

Com o refrão “Se beber, não dirija; se dirigir, não beba”, os integrantes do grupo, fantasiados de palhaço e munidos de trompete, violão e pandeiro, interromperam brevemente as aulas para levar a mensagem de que álcool e direção não combinam e que os jovens devem recusar caronas de pessoas alcoolizadas.  Além disso, distribuíram panfletos, água e copos estilizados reutilizáveis contendo uma inscrição bem-humorada sobre os males causados pelo álcool.

A ação ocorreu às vésperas do feriado prolongado de Carnaval, ocasião em que o número de acidentes automobilísticos tende a crescer.

“Foi  muito pertinente, pois os jovens, incentivados a dirigir e expostos a anúncios da indústria de bebidas, estão em posição vulnerável. Perto do Carnaval, muitos vão viajar e acabam abusando”, diz Margareti Sanches, diretora-presidente da Fundação Florestan Fernandes.

Renan Santos Ribeiro, 17, aluno da turma de Jovem Aprendiz, ressaltou que, por trabalhar em uma empresa de transportes, sabe da importância de ações como essa. Sua colega de turma Lizely Franklin, 17, elogiou a forma dinâmica da apresentação. “Tratar desse tema brincando é a melhor forma de conscientizar.”

Já Júlia Carina Orfão Costa, 17, da mesma turma, ressaltou que a apresentação foi bastante diferente das propagandas que costuma ver nos meios de comunicação. “Conscientiza e ao mesmo tempo diverte.”

VIDA SOCIAL

Segundo o professor da Fundação Fabiano Teixeira Carvalho, 45, a campanha se alinhou aos objetivos da instituição, de educar não apenas para a profissão, mas para a vida social e cidadania. Já Nayara Alves Prando, 27, professora do curso Jovem Aprendiz, ressaltou a importância de a campanha reforçar o perigo de aceitar as caronas de pessoas que estão alcoolizadas, pois “nem sempre se pensa nos danos que uma carona dessas pode trazer”.

Para  Edna de Castro, coordenadora da Cia. Sopa de Comédia,  essa apresentação teve a peculiaridade de ter como público-alvo jovens que podem nem ter habilitação, o que reforça o caráter preventivo da medida. “Eles parecem ter curtido muito”, diz.

Além da apresentação para os alunos, o grupo encenou também para funcionários da FFF e servidores da Prefeitura de Diadema lotados no Paço.

Comente aqui