Data: 25/01/2022 10:47 / Autor: Redação / Fonte: PMD

Diadema recebe R$ 490 mil em doação da ArcelorMittal

Recurso será destinado à reforma do Centro de Convivência da Melhor Idade, no Jardim Rosinha


Crédito: Reprodução

Parceria entre a Prefeitura de Diadema e a ArcerlorMittal vai permitir a completa reforma do Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI), espaço voltado para o atendimento da terceira idade e que está localizado na Rua Paquetá, no Jardim Rosinha. Por meio do projeto Cidadãos do Amanhã, a multinacional vai repassar R$ 490,5 mil para ações sociais no município.

O estreitamento da relação entre a administração com a empresa foi estabelecido no começo de 2021, em reuniões do prefeito José de Filippi Júnior, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Joel Fonseca, e do diretor de Articulação Empresarial de Diadema, Paulo Barbosa, com a direção da ArcelorMittal. O objetivo foi estabelecer ponte justamente para auxílio das políticas sociais da cidade, em um trabalho que envolve diversas secretarias do governo.

“Falamos do propósito do governo de estabelecer uma relação direta com as indústrias do nosso município. A partir da primeira reunião, o prefeito Filippi fez visita à empresa e fizemos várias outras reuniões posteriores. Apresentamos os projetos sociais, que envolvem várias secretarias, como Fundação Florestan Fernandes, Cultura, Esporte, Ação Social e Cidadania. Para nossa alegria, a empresa assumiu a frente de ajudar em todas essas áreas com ações importantes para nossa cidade”, disse Joel Fonseca.

O investimento será encaminhado para a Secretaria de Ação Social e Cidadania. O recurso deve ser encaminhado para obras no Centro de Convivência da Melhor Idade, a partir da aprovação do conselho do Fundo Municipal do Idoso. A atual estrutura, situada no Jardim Rosinha, necessita de reparos estruturais, como obras de acessibilidade, para dar mais conforto aos usuários.

PROGRAMA CIDADÃOS DO AMANHÃ

Conduzido pela Fundação ArcelorMittal, o programa Cidadãos do Amanhã ação anual incentiva empregados, familiares, comunidade, clientes, fornecedores e empresas do Grupo ArcelorMittal a destinarem parte do Imposto de Renda devido ou fazerem uma doação a fundos municipais de assistência.

São cerca de 5 mil colaboradores do Grupo ArcelorMittal e pessoas da comunidade participaram da ação. O projeto tem amparo na legislação vigente do imposto de renda e incentiva funcionários e a comunidade a colaborarem com o desenvolvimento dos municípios.

Comente aqui