Data: 01/07/2022 14:25 / Autor: Redação / Fonte: PMD
Substituições visam dar mais conforto e segurança para crianças de 0 a 3 anos
Crédito: Dino Santos

Diadema qualifica atendimento em creches com troca de mobiliário

Substituições visam dar mais conforto e segurança para crianças de 0 a 3 anos; investimento é de R$ 400,5 mil

A Secretaria de Educação de Diadema promove a troca do mobiliário das creches da rede municipal de ensino. As 18 unidades da rede direta serão contempladas com a substituição de mesas e cadeiras das salas de aula e dos refeitórios. O investimento da administração municipal é de R$ 400,5 mil e serão beneficiados 3.270 alunos de 0 a 3 anos.

De acordo com a coordenadora do setor de compras e orçamento da Secretaria de Educação, Eliane Martinez, as trocas estão sendo realizadas após levantamento feito pela pasta e identificação das necessidades de cada unidade. “Nas salas de aula, são cadeiras e mesas menores, mais apropriadas para crianças de 2 e 3 anos”, explicou. Já nos refeitórios, saem as mesas compridas e com bancos e entram conjuntos pequenos, de quatro lugares. “Isso favorece a socialização, o contato entre as crianças, é mais próximo do que ocorre nos ambientes fora da escola”, completou.

Diretora da EMEB Tarsila do Amaral, no Bairro Eldorado, Ruth Guimarães Felix detalhou que as trocas, além de dar mais conforto e autonomia para os estudantes que têm menos dificuldade para se sentar e levantar em cadeiras e mesas adequadas aos seus tamanhos, também há aumento da segurança. “Justamente por essa facilidade de movimento existem menos riscos de queda, por exemplo”, completou.

Na unidade, há muitos anos não havia substituição do mobiliário. “Móveis menores são um exemplo da priorização da primeiríssima infância na rede”, afirmou a gestora, há 25 anos atuando na mesma unidade educacional. Na EMEB Tarsila do Amaral, serão beneficiadas 142 crianças de 0 a 3 anos, sendo 30 do berçário, 48 do minigrupo e 68 do maternal.

Segundo a Secretaria de Educação, as trocas de mobiliário devem ser concluídas em toda a rede até julho, ao final das férias escolares, e as unidades de ensino retomam as atividades no segundo semestre mais bem equipadas para as aulas das crianças.

+ Educação

Agenda de Eventos

Artigo seguinte