Data: 17/06/2021 18:33 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Diadema

Diadema promove sexto Dia D de vacinação contra a Covid-19

Neste sábado (19), os postos de vacinação estarão abertos, das 8h às 16h, para atender as pessoas acima de 44 anos, sem comorbidades


Crédito: Dino Santos

Neste sábado (19), a Prefeitura de Diadema, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), abre 19 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município e um posto volante no Centro (veja os endereços abaixo), das 8h às 16h, para mais um Dia D de vacinação contra a covid-19. O objetivo é ampliar o acesso à imunização e avançar na aplicação da vacina para novas faixas etárias, beneficiando pessoas acima de 44 anos, sem comorbidades.

O prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior, e a secretária municipal da Saúde, Rejane Calixto, acompanham, às 9h, o início dos trabalhos na UBS Ruyce.

Como vai funcionar

Para evitar aglomeração e organizar a aplicação das doses nos postos de vacinação neste dia, a SMS recomenda horários alternados para diferentes públicos:

MANHÃ: Pessoas de 46, 47 e 48 anos (sem comorbidades)

TARDE:  Pessoas de 44 e 45 anos (sem comorbidades)

Além desse público acima, também estão autorizadas a receberem a primeira dose as pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde acima de 18 anos, profissionais da educação acima de 18 anos (desde que tenha cadastro no site Vacina Já Educação aprovado e já tenha recebido o QR Code), gestantes em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) acima dos 18 anos e Pessoas com Deficiência Permanente (PCD), entre 18 a 59 anos. As Unidades também vacinarão quem já está apto a tomar a segunda dose e ainda não concluiu o esquema vacinal.

“A Coordenação da Atenção Básica convida os munícipes para a vacinação e alerta sobre a importância da Imunização no combate à covid-19. No sábado as UBSs estarão de portas abertas para recebe-los; prepare o braço e escolha sua roupa e vem!”, diz a coordenadora da Atenção Básica do município, Maria Luiza Malatesta.

Não será necessário realizar agendamento. Basta o usuário comparecer à unidade e, no momento da vacinação, apresentar o documento de identificação pessoal e comprovante de residência de Diadema e/ou carteirinha da UBS. Em caso de segunda dose, o comprovante da D1 é obrigatório (o documento deve registrar que a vacina foi feita em um dos postos do município de Diadema).

Se possível, a SMS recomenda ainda fazer o pré-cadastro prévio no site www.vacinaja.sp.gov.br (o cadastro não é obrigatório), pois agiliza no processo de digitação das doses aplicadas pelo município no site do Governo do Estado de São Paulo.

E para garantir a segurança dos profissionais da saúde e do próprio munícipe, os técnicos da Saúde recomendam que a ida aos locais de vacinação aconteça de maneira gradual, evitando aglomerações e que sejam seguidos todos os protocolos sanitários, como uso correto de máscara e higienização das mãos com álcool em gel.

Comente aqui