Data: 10/06/2021 16:52 / Autor: Redação / Fonte: PMD

Diadema dá início à campanha de doação de sangue

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg


Crédito: Eric Romero

Em live na noite desta quarta-feira (9), foi lançada oficialmente a campanha “Solidariedade está no Sangue”, que receberá doações voluntárias de sangue no Hospital Serraria a partir desta semana. Todo mundo entre 16 e 69 anos, com mais de 50 quilos e que não tenha nenhuma doença foi convidado a participar.

Para a vice-prefeita e secretária de Assistência Social e Cidadania Patty Ferreira, precisamos criar o hábito de doar sempre, e não só em campanhas ou quando algum conhecido se acidenta. “Precisamos doar também para quem não conhecemos – e que precisa tanto quanto. Doação é um ato de amor, é um ato de união é um ato de COLETIVO,” afirmou, desafiando todos na live a doarem sangue também.

A Dra. Rejane, secretária de Saúde, lembrou que neste período de pandemia, as doações caíram bastante e que junho, por causa do frio, historicamente é um mês no qual as pessoas saem pouco para doar. Daí a importância de uma campanha como essa neste momento. “É muito importante que aquelas pessoas que estão aptas a fazer a doação, se disponham a doar. Isso salvará muitas vidas e nos ajudará em nossos hospitais e nossos serviços. O sangue é quente, aquece o coração, aquece o corpo e doando a gente exerce nossa solidariedade.”

Solidariedade que, além de ser o lema da campanha, todos foram unânimes em apontar como o lema também de grande parcela da população diademense. “É algo que a gente tem visto bastante em Diadema, com a campanha contra a fome, que já arrecadou mais de 200 toneladas de alimento, a campanha do agasalho e agora essa da doação de sangue,” ressaltou Inês Maria de Filippi, presidenta do Fundo Social de Solidariedade, que organizou mais esta campanha. Inês aceitou o desafio da Patty, disse que vai doar sangue sim e convidou todos a também fazê-lo.

Quem terminou a live foi o prefeito José de Filippi Jr, afirmando que quem for doar encontrará um espaço com todos os protocolos de segurança para fazer sua doação sem riscos e reforçando o convite para doar: “Semana que vem, vamos todos doar sangue no Serraria, vamos eu, Inês, a Patty e quero convocar toda a população a doar junto. Será uma grande corrente de solidariedade. A Solidariedade está no sangue, na vontade e na alma do povo diademense!”

Quem pode doar

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis. Não podem doar sangue pessoas que tiveram hepatite após os 11 anos de idade, tenham evidência clínica ou laboratorial de doenças sexualmente transmissíveis, como hepatite B e C, vírus HIV ou doenças ligadas ao vírus HTLV I e II. Doenças de chagas, o uso de drogas ilícitas injetáveis e malária também são impedimentos definitivos para doar sangue. Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente.

Campanha de Doação de Sangue “Solidariedade está no Sangue”

de 9 a 25/06, todos os dias, das 8h às 13h, no Hospital Estadual de Diadema (Av. José Bonifácio, 1641 - Serraria)

Comente aqui