Data: 09/06/2021 14:17 / Autor: Renata Nascimento / Fonte: PMD

Diadema amplia vacinação contra a covid-19

Prefeitura decidiu antecipar a vacinação das pessoas na faixa etária de 55 a 59 anos, sem comorbidades


Crédito: Letícia Teixeira

Com o objetivo de intensificar a vacinação contra a covid-19 no município, a Prefeitura de Diadema, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), decidiu antecipar a vacinação das pessoas na faixa etária de 55 a 59 anos, sem comorbidades. Para esse grupo a imunização será feita de forma escalonada, abrindo uma nova faixa etária a cada dois dias, tendo início nesta quarta-feira (9), para as pessoas de 59 anos. No dia 11, será a vez das pessoas de 58 anos; no dia 14 para as pessoas de 57 anos; as de 56 anos poderão ser vacinadas no dia 16/06 e as de 55 anos no dia 18 de junho.

A imunização para esse público continua sendo por livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento, bastando o morador comparecer a um dos 20 postos de vacinação (veja lista completa aqui: http://www.diadema.sp.gov.br/secretaria-saude/26592-conheca-os-locais-de-vacinacao-para-covid-19), das 8h30 às 16h, munido de documento de identificação pessoal e comprovante de residência de Diadema e/ou carteirinha da UBS.

A SMS recomenda que a ida aos locais de vacinação aconteça de maneira gradual, evitando aglomerações e que sejam seguidos todos os protocolos sanitários, como uso correto de máscara e higienização das mãos com álcool em gel. 

Profissionais da educação

O início da imunização dos profissionais da Educação entre 45 e 46 anos contra a covid-19 ocorreu nesta terça-feira (08/06). Os primeiros profissionais começaram a receber o QRCode de autorização pelo site Vacina Já Educação perto do meio-dia e as unidades tiveram autorização da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) para dar início à vacinação.

Nesta quarta-feira (9), a vacinação segue para esse público nas Unidades Básicas de Saúde e postos volantes, das 8h30 às 16h. Lembrando que podem ser vacinados os profissionais que atuam nas escolas da Educação Básica públicas (federais, estaduais e municipais) e privadas. O público-alvo é composto por professores, merendeiras, auxiliares de serviços gerais e faxineiras, secretários de escola, diretores e vice-diretores, coordenadores pedagógicos, supervisores de ensino e cuidadores.

Para receber a vacina, é necessário ter cadastro e aprovação estadual por meio do Vacina Já Educação (www.vacinaja.sp.gov.br/educacao). Além do comprovante Vacina Já Educação com QRCode (impresso ou virtual), é necessário apresentar, no momento da vacinação, o documento de identificação pessoal (RG/ CPF) e comprovação que está atuando em escola com sede em Diadema (crachás ou holerites, impresso ou virtual).

Pessoa com deficiência

A partir desta quarta-feira (9/6), Diadema vai iniciar a vacinação das Pessoas com Deficiência Permanente (PCD), entre 18 a 59 anos, sem necessidade de apresentação do Benefício da Prestação Continuada (BPC).

Para as pessoas com deficiência permanente será exigido que apresente alguma comprovação de sua deficiência através de relatório médico (obrigatório CRM-SP do médico responsável), documento de identificação pessoal e Comprovante de residência ou carteirinha da UBS.

Se possível, a SMS recomenda ainda fazer o cadastro prévio no site www.vacinaja.sp.gov.br  (o cadastro não é obrigatório), pois agiliza no processo de digitação das doses aplicadas pelo município no site do Governo do Estado de São Paulo.

Profissionais da saúde

Os profissionais da Saúde autônomos que ainda não foram vacinados, vão ter nova oportunidade de tomar a primeira dose (D1). 

A Vigilância a Saúde conseguiu liberação de novo lote de doses contendo quase mil doses para esse fim. A vacinação de D1 será realizada EXCLUSIVAMENTE no Quarteirão da Saúde, nas datas de 10/06 e 11/06, através de agendamento prévio no site http://scriptcaseprod9.diadema.sp.gov.br/vacina.

Só serão atendidos os trabalhadores agendados. No dia e horário escolhidos no agendamento, o trabalhador deverá comparecer ao Quarteirão da Saúde (avenida Antônio Piranga, 700), munido de documentos pessoais que comprovem ser trabalhador da saúde (crachá, carteira de trabalho ou conselho de classe) e vínculo com o município de Diadema.

O agendamento não garante a vacinação, pois será obrigatória a comprovação da atuação profissional e do vínculo de trabalho ou de residência com o município. Exclusivamente para médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, biomédicos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos e assistentes sociais não será exigida a comprovação de atuação. Para estas categorias profissionais será exigida, apenas, a apresentação da carteira do Conselho de Classe e o comprovante de endereço de Diadema. Neste dia também serão vacinados Veterinários e Educadores físicos apenas aqueles com vínculo em instituições de saúde e que comprovem vínculo com Diadema (trabalho ou residência).

Confira todos os detalhes sobre a Campanha Municipal de Vacinação e quais documentos são necessários para comprovar cada grupo no Documento Técnico da SMS.

Confira quem mais pode se vacinar em Diadema:

Pessoas acima de 60 anos;

Profissionais da educação acima de 47 anos - (acima de 45 anos a partir do dia 08/06); 

Síndrome de Down, pacientes em diálise e transplantados imunossuprimidos (18 a 59 anos);

Grávidas e puérperas com comorbidades (acima de 18 anos) – Diadema ampliou a vacinação deste grupo: se a gestante ou puérpera tiver qualquer doença associada, mesmo que não relacionada na lista do Ministério da Saúde, como por exemplo: hipotireoidismo, sífilis e outras, deve tomar a vacina. É necessário comprovação da comorbidade (por relatório ou receita médica);

Gestantes em qualquer período gestacional e das puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) acima dos 18 anos, sem comorbidades;

Motoristas e cobradores de ônibus - funcionários das empresas do Transporte Metropolitano (EMTU) que residam em Diadema;

Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (acima de 18 anos) – é obrigatória a apresentação de comprovante do Benefício de Prestação Continuada (BPC);

 Pessoas com uma das comorbidades abaixo previstas pelo Ministério da Saúde (acima de 18 anos) – é obrigatória comprovação por receita ou relatório médico com a inscrição do profissional no Conselho Regional de Medicina (CRM).

O que vem pela frente

Pessoas com Deficiência Permanente (PCD), entre 18 a 59 anos, sem BPC – a partir de 9 de junho

Profissionais da saúde – a Prefeitura abriu agendamento para esse grupo prioritário e a vacinação para os profissionais aptos acontecerá nos dias 10 e 11 de junho. Saiba mais em: http://www.diadema.sp.gov.br/covid/26668-prefeitura-abre-agendamento-da-1-dose-da-vacina-covid-para-trabalhadores-da-saude

 Pessoas entre 55 a 59 anos, a saber:

- 09/06 = pessoas de 59 anos

- 11/06 = pessoas de 58 anos

- 14/06 = pessoas de 57 anos

- 16/06 = pessoas de 56 anos

- 18/06 = pessoas de 55 anos

Trabalhadores da Limpeza Urbana – a partir do dia 10 de junho

Profissionais da educação de 18 a 44 anos – entre 21 e 31 de julho mediante cadastro e autorização prévia no site Vacina Já Educação (https://vacinaja.sp.gov.br/educacao)

Comente aqui