Data: 10/05/2021 20:42 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Diadema

Corte preventivo evita queda de árvores sobre moradias em Diadema

Ação é realizada por concessionária de rodovia em operação articulada com a Prefeitura


Crédito: Adriana Horvath

Árvores situadas no bairro Cantagalo, às margens da rodovia dos Imigrantes, em Diadema, foram cortadas nesta segunda-feira (10/5/21), pois corriam o risco de caírem em cima de moradias onde vivem mais de 100 famílias.  A ação, que prossegue pelo menos até quarta-feira (12/5), é uma demanda antiga dos moradores da região e fruto de articulação entre a Prefeitura de Diadema e a Ecovias, concessionária da rodovia e responsável pelo terreno onde se encontram as árvores. 

A Prefeitura ficou responsável pelo mapeamento e interdição da área, acolhimento das famílias e transporte de móveis e moradores durante o corte. A Ecovias, segundo termo de acordo com o município, executa os trabalhos.

O secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Ronaldo Lacerda, acompanhou os trabalhos desta segunda-feira e ressaltou a união de esforços entre Prefeitura, a concessionária e as famílias da região. “Já houve incidentes e algumas das árvores se emaranham no meio das moradias, colocando as famílias em risco. A Secretaria de Habitação assumiu esse compromisso de colocar todo mundo na mesa e discutir. Assim se construiu essa saída, com a Ecovias assumindo a despesa do corte.”

Neste primeiro dia, houve o corte de três árvores e a remoção temporária de dez famílias do local. Nesta terça, deve ser executada a supressão de mais três árvores, exigindo a desocupação de 21 famílias. Por fim, serão removidas duas árvores, sem a necessidade de interdição das casas.

Além da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, a ação envolve a Secretaria de Meio Ambiente e de Defesa Social e contou com o auxílio de um guindaste, contratado pela Ecovias. De acordo com o secretário de Habitação, os cortes foram autorizados por causa do risco às famílias, mas haverá compensação ambiental, em local ainda a ser definido.

Comente aqui