Data: 10/05/2021 16:16 / Autor: Renata Nascimento / Fonte: PMD

CCZ Diadema alerta para abandono de animais

Adotar por impulso ou desconsiderar os cuidados necessários para os pets são algumas das razões que podem gerar arrependimento após a adoção de cães e gatos


CCZ Diadema alerta para abandono de animais
CCZ Diadema alerta para abandono de animais

Crédito: Adriana Horvath

Durante o período de pandemia, desde março de 2020, o Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) de Diadema intermediou a adoção de 143 cães e gatos para moradores da cidade. Entretanto, cinco voltaram para o Centro após o arrependimento do adotante. Por esse motivo, é importante que a pessoa que deseja abrigar um amigo de quatro patas planeje bem e avalie se os recursos disponíveis para isso. 

Antes de adotar um animal é importante que a pessoa conheça um pouco sobre as características dele e verifique as condições necessárias para sua adaptação em casa, seja de recursos financeiros, espaço físico ou tempo para cuidar e passear. Além disso, todos da família precisam estar de acordo com a adoção e ter ciência que cada animal tem seu comportamento, podendo chorar, latir, soltar pelos e que filhotes crescem, pois muitos ficam encantados com filhotes, mas quando crescem, não querem mais ou não tem espaço para ele. É preciso estar ciente de que um animal vive em média 15 anos e que no momento em que decidimos adotar, estamos nos comprometendo a ter a posse responsável desse animal em todas as fases de sua vida”, explica a médica veterinária Nanci do Carmo, responsável pelo CCZ do município. 

No momento da adoção, a equipe técnica do Centro de Controle de Zoonoses orienta o adotante sobre os cuidados que serão exigidos com o novo animal e a posse responsável. Essa conversa permite tirar dúvidas do morador e auxiliar no planejamento da adoção, evitando assim que haja arrependimento após a adoção. Vale ressaltar que o abandono de animais é crime, de acordo com o 32º artigo da Lei Federal 9.605/98, com pena de detenção de três meses a um ano e multa. 

Adoção

Os animais disponíveis para adoção, quando maiores de cinco meses, são castrados, vermifugados e vacinados contra a raiva. Caso o adotante queira levar um cão ou gato mais novo, é preciso assinar um termo especial em que compromete a castrar e vacinar o filhote. 

Quem deseja adotar um cão ou gato pode ir ao CCZ, após agendamento via telefone, levando documento com foto e comprovante de endereço para preenchimento de cadastro e assinatura do termo de posse responsável. Caso queira um cão, é orientado levar coleira e guia, caso queira um gato, levar caixa de transporte. 

No período de pandemia pelo novo coronavírus, a orientação é para que as pessoas usem máscara de proteção, vão em número reduzido (o mínino possível) e respeite o distanciamento social. 

Nos próximos meses, a Prefeitura disponibilizará site para que a população possa conhecer virtualmente cães e gatos a serem adotados e ter informações sobre adoção, posse responsável, ambientes saudáveis para pets, entre outras. Fique atento ao site www.diadema.sp.gov.br e às redes sociais da Prefeitura.

Serviço:

Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Diadema

Rua Ipoá, 40 – Jardim Inamar.

Tel.: 0800 7710963

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Comente aqui