Data: 03/08/2020 20:26 / Autor: Redação / Fonte: CBV

Vôlei brasileiro tem data para retomar atividades

Primeiro evento será a etapa do Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia, a partir do dia 17 de setembro, no CDV, em Saquarema (RJ)


Retorno do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia terá protocolos de saúde
Retorno do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia terá protocolos de saúde

Crédito: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Depois de pouco mais de quatro meses de paralização das competições, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou nesta segunda-feira (03.08) que já tem data para retomar as atividades. O vôlei no país voltará a ser disputado a partir de 17 de setembro, quando o Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), receberá as duplas femininas para a disputa da primeira etapa da temporada 2020/2021 do Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia.

O campeonato será retomado seguindo rígidos protocolos de saúde. O início da temporada 20/21 acontecerá com adaptações para minimizar riscos de contágio da COVID-19 aos atletas e demais profissionais envolvidos.

As duas primeiras etapas do tour serão realizadas no CDV, sem a presença de público ou imprensa. A primeira parada ocorre de 17 a 20 de setembro (torneio feminino), e 24 a 27 de setembro (torneio masculino). Já a segunda etapa será de 15 a 18 de outubro (torneio feminino) e 22 a 25 de outubro (masculino).

As outras três etapas ainda terão locais definidos, mas já possuem datas (veja abaixo o calendário). A terceira parada será de 5 a 8 de novembro (feminino) e 12 a 15 de novembro (masculino). O quarto torneio será de 2 a 6 de dezembro, e o quinto de 16 a 20 de dezembro, com possibilidade de realização dos dois naipes.

Segundo o diretor executivo da CBV, Radamés Lattari, a volta vem sendo planejada com todo o cuidado necessário e seguindo as orientações estabelecidas pela comissão médica da entidade.

“Dentro de um quadro com toda preocupação e atentos à segurança e saúde dos atletas, estamos pouco a pouco pensando na retomada das nossas competições. Vamos retornar sem público, dentro do CDV, organizando duas etapas e separando os naipes para não reunir tantas pessoas ao mesmo tempo. E, claro, já estamos tomando todas as precauções necessárias com testes e controle total de tudo lá dentro”, explicou Radamés Lattari.  

O superintendente de vôlei de praia da CBV, Virgílio Pires, também comentou o retorno de maneira gradual, respeitando as regras e o protocolo criado para preservar a saúde de todos.

“O que mais pensamos neste retorno foi no protocolo de prevenção, elaborado com todo apoio do doutor João Olyntho Machado Neto, o ‘Zela’. Entendemos que nossa vida volta ao normal de maneira gradual, e os eventos também serão de forma gradual, não vamos recomeçar de onde paramos, justamente para dar segurança e testar os protocolos. As decisões foram tomadas junto à Comissão de Atletas, nada foi decidido unilateralmente, tudo com apoio de nossos patrocinadores e especialmente dos atletas. Conseguimos programar o retorno dentro de uma cautela necessária para o momento”, declarou.

O vice-presidente da Comissão de Atletas de vôlei de praia, Harley Marques, comentou a volta do Circuito Brasileiro Open e destacou que o processo envolveu etapas de planejamento.

“Acho que tudo foi realizado no seu devido tempo. A volta da competição foi planejada, pensada junto aos médicos e protocolos de saúde, isso é o que mais vale a pena. A CBV foi atenciosa com tudo desde o princípio da pandemia, ouviu nossas ideias, e acho isso muito importante. Não é só o lado profissional, mas o cuidado com as pessoas. Essa proposta de separar os naipes é importante e temos o privilégio de termos um centro de treinamento como o de Saquarema para realizar os torneios de maneira segura, sem a entrada desnecessária de pessoas”, disse o brasiliense campeão do Circuito Mundial de 2008.

TEMPORADA 20/21:

1ª Etapa - CDV - Saquarema (RJ)

17 a 20 de setembro (feminino)

24 a 27 de setembro (masculino)

2ª Etapa - CDV - Saquarema (RJ)

15 a 18 de outubro (feminino)

22 a 25 de outubro (masculino)

3ª Etapa - Local a definir

5 a 8 de novembro (feminino)

12 a 15 de novembro (masculino)

4ª Etapa - Local a definir

2 a 6 de dezembro

5ª Etapa - Local a definir

16 a 20 de dezembro

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Comente aqui