Data: 26/09/2021 08:49 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

São Paulo e Atlético-MG empatam no Morumbi e perdem oportunidades no Brasileirão

Time paulista poderia se afastar da zona de rebaixamento; pelo lado mineiro, chance de abrir 10 pontos na liderança não foi aproveitada


Crédito: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético-MG

No duelo diante do líder Atlético-MG, o São Paulo voltou a tropeçar nas próprias pernas. O time do técnico argentino Hernán Crespo ficou no empate sem gols diante dos mineiros e perdeu a chance de ganhar distância da zona de rebaixamento. A equipe do Morumbi chegou aos 27 pontos e está a quatro do Juventude, primeiro que abre a região da degola.

O jogo marcou uma sequência de três jogos em casa para o São Paulo. Neste recorte, o time paulista venceu o Atlético Goianiense e acumulou outro empate contra o América-MG. Dos nove pontos disputados no Morumbi, a equipe contabilizou cinco. Já o Atlético-MG aumentou a folga na liderança com a derrota do Palmeiras para o Corinthians. A vantagem, que era de sete pontos, subiu para oito. Os mineiros ostentam 46 na tabela de classificação.

O primeiro tempo de São Paulo e Atlético-MG mais pareceu um jogo de xadrez do que uma disputa entre duas equipes que buscavam os três pontos. A partida ficou concentrada no meio de campo e tanto paulistas quanto mineiros criaram poucas chances para seus atacantes.

Hernán Crespo apostou no esquema com três zagueiros para dar mais liberdade a seus alas. O técnico Cuca também não quis expor o Atlético-MG e iniciou a partida com Réver atuando entre Nathan Silva e Júnior Alonso. Dessa maneira, ora ele atuava como líbero, ora se fixava como mais um volante à frente da zaga para aumentar o bloqueio na entrada da área.

O São Paulo mais uma vez se sentiu refém de um homem de criação no setor de meio de campo. Sempre que se lançou ao ataque, o time trocou bolas sem objetividade. Apesar do espírito de luta, Luciano pouco incomodou os zagueiros adversários.

No momento de maior perigo, Tiago Volpi deu um susto na torcida em um chute fraco de Nathan, mas acabou fazendo a defesa em dois tempos. Ao final da primeira etapa, o São Paulo até apertou a marcação na saída de bola do Atlético-MG, mas a estratégia não surtiu efeito e os dois times foram para o intervalo com o 0 a 0 no placar.

A etapa complementar se apresentou bem mais movimentada. Logo aos três minutos, em uma ligação direta do goleiro Everson, a bola sobrou para Vargas, que entrou em velocidade e chutou cruzado, com perigo. A resposta são-paulina não demorou. Rodrigo Nestor fez bela jogada individual, se livrou do marcador e, na pequena área, acabou travado por Guga na hora da conclusão.

Cuca começou a mexer no time pensando na partida contra o Palmeiras na próxima semana, pelas semifinais da Copa Libertadores. A consequência disso foi uma queda de rendimento do time mineiro, que possibilitou ao São Paulo o domínio da partida. Rigoni acertou o travessão cobrando falta e Luan perdeu boa chance ao chutar livre na entrada da área.

Vivendo dos contra-ataques, o Atlético-MG fez um gol que foi anulado pelo VAR. Hulk cabeceou no canto de Tiago Volpi, mas na origem do cruzamento foi assinalado impedimento. No fim do jogo, o time mineiro perdeu duas grandes chances em chutes de Guilherme Arana. Volpi trabalhou bem nos dois lances e conseguiu fazer a defesa.

Pelo Brasileirão, o São Paulo volta a campo no próximo final de semana e viaja até Santa Catarina para enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá. Já o líder Atlético-MG recebe a visita do Internacional, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 0 x 0 ATLÉTICO-MG

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo (Reinaldo); Galeano, Liziero, Luan, Rodrigo Nestor (Gabriel Sara) e Wellington; Rigoni (Marquinhos) e Luciano (Calleri). Técnico: Hernán Crespo.

ATLÉTICO-MG - Everson; Guga, Nathan Silva, Réver (Nacho Fernández), Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Franco), Nathan (Jair) e Zaracho (Hyoran): Vargas (Sasha) e Hulk. Técnico: Cuca.

CARTÕES AMARELOS - Miranda (São Paulo); Guga (Atlético-MG).

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO).

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Comente aqui