Data: 13/08/2020 11:53 / Autor: Isabela Richetti / Fonte: Agências Internacionais

Reino Unido traz mais uma ideia segura para curtir shows mantendo o distanciamento social

Assim como o Drive-in, a nova ideia pode ser uma boa opção para manter a cultura viva em meio a pandemia


Crédito: Reprodução Twitter

No Brasil o uso de Drive-in para retomar shows, espetáculos e sessões de cinema está ficando cada vez mais popular. Nos carros, é possível permanecer apenas quatro pessoas seguindo todos os protocolos de segurança que são passados antes que o evento comece, como por exemplo a autorização para ir ao banheiro que deve ser avisada com antecedência para os funcionários do local.

Porém, mais uma opção de curtir esses espetáculos foi apresentada nesta terça-feira (11/08). Os organizadores do show do cantor e guitarrista britânico, Sam Fender, decidiram fazer grades que separam cada grupo de espectadores em um cubículo. O evento ocorreu no Reino Unido, na cidade de Newcastle, no Virgin Money Unity Arena.

O espaço tem capacidade de receber cerca de 500 pessoas e vários outros shows já estão marcados para ocorrer no local até setembro.

Proteção

As medidas de segurança com relação ao covid-19 são as mesmas que as do Drive-in aqui no Brasil. Ou seja, é indicado que quem vai curtir o show e fique no mesmo cubículo seja da mesma família, para evitar contato com outras pessoas. Para que não haja aglomeração no fim dos shows, a plateia só pode sair assim que receber uma autorização dos funcionários, grupo por grupo. A mesma regra se dá para o uso do banheiro, que também é preciso esperar um funcionário autorizar.

Para chegar até o local do show, não é permitido que o público chegue a pé ou de transporte público. Sendo assim, ainda é necessário o uso dos carros igual como o Drive-in.

Comente aqui