Data: 14/06/2019 11:55 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Publicada exoneração de Franklimberg de Freitas da presidência da Funai

O Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira. 14, publica a exoneração do general Franklimberg Ribeiro de Freitas do cargo de presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai)


Franklimberg de Freitas foi exonerado da presidência da Funai
Franklimberg de Freitas foi exonerado da presidência da Funai

Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A informação da demissão de Franklimberg foi antecipada pelo jornal O Estado de S. Paulo na terça-feira, 11, e confirmada no mesmo dia pelo general.

Conforme revelou o jornal O Estado de S. Paulo, Franklimberg, que estava há menos de cinco meses no cargo, passou a ser alvo de pressão de ruralistas liderado pelo secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antonio Nabhan Garcia.

Questionado sobre o assunto, o general disse que a Funai continua a ser alvo de interesses sem nenhuma relação com a causa indígena e que estes, mais uma vez, prevalecem no caminho da autarquia, que voltará a ser ligada ao Ministério da Justiça - até a sanção da lei que reestrutura os ministérios de Jair Bolsonaro, a Fundação ainda está sob o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

"A realidade é que, infelizmente, assessores do presidente da República que pensam quem conhecem a vida e a realidade dos povos indígenas têm assessorado muito mal o presidente da República", disse Franklimberg à reportagem.

Em discurso de despedida para servidores, o general disse que Nabhan "odeia os indígenas". "Há vetores externos sobre a Funai que, em seu histórico, sempre estão prevalecendo sobre as políticas indígenas. Hoje, o futuro da Funai é incerto", afirmou.

Nabhan disse que só vai se pronunciar após a publicação da exoneração.

Comente aqui