Data: 13/08/2020 20:29 / Autor: Redação / Fonte: Ford

Programa de doações de empregados da Ford arrecada mais de US$1 milhão

O COVID-19 Donation Match foi iniciado em abril, dando aos funcionários da Ford, seus familiares e amigos uma maneira de ajudar a combater a pandemia


No Brasil, os recursos foram destinados às Obras Sociais Irmã Dulce, na Bahia, que atende milhares de pessoas carentes
No Brasil, os recursos foram destinados às Obras Sociais Irmã Dulce, na Bahia, que atende milhares de pessoas carentes

Crédito: Divulgação

O Ford Fund, braço filantrópico da Ford, anunciou hoje o resultado do programa COVID-19 Donation Match, criado pela instituição com o propósito de auxiliar pessoas afetadas pela pandemia em todo o mundo, dobrando o valor das doações feitas por empregados e parceiros da Ford. No total, foram arrecadados US$ 1.133.447, superando a meta estabelecida.

No Brasil, as doações foram destinadas para as Obras Sociais Irmã Dulce, instituição filantrópica fundada pela Santa Dulce dos Pobres, que abriga um dos maiores complexos de saúde 100% SUS do país e atende diariamente milhares de pessoas carentes na Bahia. O valor arrecadado será destinado para compra de equipamentos de proteção para os profissionais que atuam nos 21 núcleos de atendimento, além de alimentar cerca de 1.000 famílias em condição de vulnerabilidade social pelo período de um mês.

O programa COVID-19 Donation Match foi iniciado em abril, dando aos funcionários da Ford, seus familiares e amigos uma maneira de ajudar a combater a pandemia, mesmo sem poder sair de casa para as atividades tradicionais de voluntariado.

“Retribuir é um dos valores-chave da Ford e os nossos colaboradores estão dando o maior exemplo”, diz Bill Ford, presidente executivo da Ford. “Recebemos muitos pedidos de empregados perguntando como poderiam ajudar nos primeiros dias da pandemia. O programa Donation Match foi um meio significativo para poderem participar da luta contra a Covid-19 – mesmo em um momento em que não poderiam estar presentes fisicamente para ajudar a fazer a diferença.”

Por meio do programa, 47 organizações sem fins lucrativos e grupos comunitários de 20 países e 14 estados norte-americanos receberam fundos doados por funcionários e parceiros da Ford, valor que foi acrescido de US$ 500.000 do Ford Fund e contribuições pessoais do presidente executivo da Ford, Bill Ford.

O programa apoiou projetos comunitários em países com necessidades significativas relacionadas ao coronavírus. Quase um terço dos fundos (29%) foi destinado para o combate à fome, 24% para projetos de atendimento combinado de necessidades básicas (comida, abrigo e roupas), e 19% para ações educacionais. As doações restantes apoiaram projetos relacionados à saúde e ao funcionamento virtual de programas de artes, preservando empregos em instituições voltadas à educação histórica e cultural.

“Essa pandemia impactou cada aspecto do nosso dia a dia e colocou muitas organizações sem fins lucrativos em risco de não poderem mais servir suas comunidades”, diz Mary Culler, presidente do Ford Fund. “Graças à generosidade de nossos empregados e parceiros, conseguimos apoiar uma vasta gama de projetos por todo o mundo e continuar o trabalho extremamente importante que essas organizações sem fins lucrativos estão fazendo”. 

O programa foi administrado pela GlobalGiving, parceira de longa data no socorro às vítimas de desastres e parceira global de doações da Ford.

Comente aqui