Data: 07/07/2016 15:19 / Autor: Redação / Fonte: Estadão Conteúdo, Agência Brasil

Polícia mata homem negro e reacende debate racial nos EUA

Um policial do Estado de Minnesota feriu mortalmente um homem negro que estava em seu carro com a mulher e o filho na noite de ontem, disseram autoridades locais


Policial aponta arma para homem negro ferido no interior de carro
Policial aponta arma para homem negro ferido no interior de carro

Crédito: Reprodução

A cena foi gravada pela mulher e mostra Philando Castile, de 32 anos . Abordado pelos policiais de Falcon Heights, ele disse ter uma arma regularizada, mas, ao tentar pegar sua carteira, foi baleado pelos agentes,

A reconstrução se baseia no relato da companheira de Castile, que também filmou o momento após os disparos e jogou o vídeo nas redes sociais. A gravação mostra o homem ensanguentado no banco do motorista e um policial armado no lado de fora. Uma investigação foi aberta para apurar o caso.

Dois dias antes, em Baton Rouge, capital de Louisiana, Alton Sterling, negro de 37 anos, foi assassinado pela polícia, que o baleou na certeza de que ele estava armado. "Episódios como esse minaram a confiança entre os departamentos de polícia e as comunidades às quais servem", afirmou nessa quarta-feira a candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton.

O uso da força pela polícia, especialmente contra minorias, tem voltado ao foco nos Estados Unidos desde a morte de Aldo Sterling, um negro de 37 anos. Ele foi morto a tiros pela polícia em Baton Rouge, Louisiana, no início da semana, em uma cena que também foi gravada. Ontem, o Departamento de Justiça lançou uma investigação de direitos civis sobre o tiroteio, que aconteceu após Sterling, brigar com dois policiais brancos do lado de fora de uma loja de conveniência.

 "Episódios como esse minaram a confiança entre os departamentos de polícia e as comunidades às quais servem", afirmou nessa quarta-feira a candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton. 

Comente aqui