Data: 31/05/2019 13:25 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Parte do talude da mina em Barão de Cocais se rompe

"As primeiras avaliações indicam que o material está deslizando de forma gradual", afirma a Vale


Segundo a Vale o material está deslizando de forma gradual
Segundo a Vale o material está deslizando de forma gradual

Crédito: Vinicius Mendonça/Ibama

A Vale informou ter identificado movimentação de fragmento do talude norte da cava da Mina do Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG) na madrugada desta sexta feira, 31, mas que o desprendimento do talude deve ocorrer sem maiores consequências.

Por meio de nota, a mineradora informou que esses blocos se acomodaram no fundo da cava. "As primeiras avaliações indicam que o material está deslizando de forma gradual, o que até o momento corrobora as estimativas de que o desprendimento do talude deverá ocorrer sem maiores consequências", afirmou a empresa.

A companhia segue monitorando a cava e a barragem Sul Superior, que fica a 1,5 km da mina, com o uso de radar e estação robótica capazes de detectar movimentações milimétricas, além de sobrevoos com drone, e reitera que manterá a comunidade de Barão do Cocais informada sobre a situação.

A barragem está em nível 3 desde 22 de março e a Zona de Autossalvamento (ZAS) já havia sido evacuada preventivamente em 8 de fevereiro.

Comente aqui