Data: 17/05/2021 21:55 / Autor: Redação / Fonte: Nômade Festival

Nômade Festival é adiado para 2022

Evento anuncia a participação de Duda Beat no line-up e confirma os shows de Elza Soares, Caetano Veloso, Majur e Gilsons


Crédito: Divulgação

A Agência InHaus anuncia que a terceira edição do Nômade Festival, devido a pandemia do covid-19, foi remarcada e irá acontecer no dia 14 de maio de 2022. Criado em 2018 por Juliano Libman e Luiz Restiffe, sócios na InHaus, o Nômade vai muito além de um festival: é um encontro de vários estilos, um espaço para pular, dançar, cantar e curtir um line-up que passeia por diferentes gêneros musicais. Entre os nomes que já tocaram no evento estão Lulu Santos, Céu, Silva, Maria Gadú e 5 a Seco em 2018, e Anavitória, Arnaldo Antunes, Liniker, Luedji Luna e Johnny Hooker em 2019, batendo recorde de público nas duas edições.

O Nômade Festival acontecerá no Memorial da América Latina e manterá em seu line-up grandes nomes do cenário nacional, como: Elza Soares, Caetano Veloso, Majur e Gilsons. E ainda, a grande novidade é que para edição 2022, visando atender aos pedidos do público cativo do festival, que acompanha o Nômade desde o início, Duda Beat sobe ao palco do festival em show exclusivo. A cantora pernambucana irá se apresentar pela primeira vez no evento e trará a sua mistura de gêneros musicais que lhe rendeu sucesso de crítica e público.

A terceira edição do festival estava inicialmente prevista para ocorrer em 2021, mas foi adiada para maio de 2022, devido a pandemia do covid-19. A classificação da cidade de São Paulo para a fase amarela, levou a decisão final de realizá-la em uma nova data, com uma programação intensa e variada. A previsão é de que no próximo ano a cidade estará na fase verde ou azul do Plano São Paulo e a vacinação já tenha ocorrido.

Os ingressos já adquiridos para o Nômade Festival 2021 continuam válidos e as vendas seguem disponíveis no: https://www.ticket360.com.br/evento/12271/ingressos-para-nomade-festival-com-caetano-veloso-elza-soares-e-mais-atracoes

Comente aqui