Data: 22/05/2020 11:07 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

MPF apura viéz ideológico na destinação de verba publicitária do governo

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão solicitou investigação para garantir a transparência dos gastos com publicidade realizados pelo governo federal em campanhas publicitárias.


Os procuradores pedem investigação sobre eventual improbidade administrativa por parte do secretário da Secom, Fabio Wajngarten.
Os procuradores pedem investigação sobre eventual improbidade administrativa por parte do secretário da Secom, Fabio Wajngarten.

Crédito: Reprodução

No documento enviado  nesta quinta-feira, 21, os procuradores pedem investigação sobre eventual improbidade administrativa por parte do secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten.

A representação afirma que a secretaria direciona dinheiro para sites ideológicos e promove censura a veículos críticos ao governo, o que contraria a Constituição.

A Procuradoria cobra providências para que a Secom se abstenha de selecionar, para publicar propaganda oficial, veículos "em razão de afinidades ideológicas". E pede que sejam adotados critérios técnicos no direcionamento dos anúncios. 

Comente aqui