Data: 22/06/2022 20:40 / Autor: Redação / Fonte: Honda Racing

Martin Duplessis é segundo na geral das motos na etapa de abertura do Rally Jalapão

Também pela equipe Honda Racing, Tiago Wernersbach sai na frente pela categoria Brasil, exclusiva para motos nacionais, com a CRF 250F


Crédito: Doni Castilho / Mundo Press

A equipe Honda Racing finalizou a etapa de abertura do 8º Rally Jalapão, válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, com três pilotos entre os cinco primeiros colocados na geral das motos. O argentino Martin Duplessis completou na segunda posição o percurso desta quarta-feira (22/6), realizado entre Luís Eduardo Magalhães (BA) e Mateiros (TO), com 447 quilômetros - sendo 216 contra o relógio. Bissinho Zavatti e Jean Azevedo ficaram em quarto e quinto lugares, respectivamente. Tiago Wernersbach foi o mais rápido da categoria Brasil, exclusiva para motos nacionais, com a moto Honda CRF 250F.

Martin Duplessis, que acelerou a CRF 450RX, cravou o tempo de 2h38min18s, pouco menos de dois minutos atrás do vencedor do dia, o francês Adrien Metge. “Tivemos uma etapa com 50% de areia e 50% de trechos mais duros. Estou contente por me sentir cada vez melhor com a minha moto, que está 100%. A cada dia estou mais confortável e confiante. O trabalho tem sido incrível de toda a equipe Honda Racing. Estou inteiro e com muita vontade de evoluir”, diz o argentino, que ficou em segundo na geral e também na Moto 1.

Líder do campeonato brasileiro na Moto 2, Bissinho Zavatti fez o quarto tempo do dia e o segundo da categoria. “Entrei bem concentrado e consegui fazer uma boa prova. Foquei bastante e andei em um ritmo bom do início ao fim. Pegamos trechos de alta velocidade, bem rápidos, com piçarras e um pouco de areia”, conta o paulista. Ele também utiliza a CRF 450RX.

Com o mesmo modelo, Jean Azevedo completou a lista dos cinco primeiros, com a quinta colocação na geral e a terceira na categoria Moto 1. “A prova hoje foi rápida, com pouca navegação, trechos de areia, sem muita dificuldade. Foi um rally de velocidade. Para o segundo dia, a expectativa é de mais areia e navegação, o que muda um pouco a característica da competição”, destaca o experiente piloto e decacampeão brasileiro da modalidade.

Tiago Wernersbach confirmou o favoritismo e faturou a etapa com a CRF 250F pela classe Brasil. “Foi um dia legal. Largamos em uma estrada com piçarras e depois pegamos bastante areia. Em uma prova bem de alta velocidade, consegui me sair bem com a moto, que superou a areia pesada”, ressalta o atual campeão do Rally Jalapão e brasileiro na categoria Brasil. Na geral do dia, ele ficou na 14ª colocação.

Piloto mais rápido da Honda Racing no Prólogo, Gabriel Soares “Tomate”, da classe Moto 2, sofreu uma queda durante a prova. Ele sentiu dores fortes no joelho e deixou a competição.

Nesta quinta-feira (23/6), os pilotos seguem para São Félix (TO) para mais 197 quilômetros, sendo 183 cronometrados com bastante areia, bem típica da região do Jalapão, e navegação.

Comente aqui