Data: 05/10/2020 16:37 / Autor: Redação / Fonte: The Guardian

Marte está mais próximo da Terra essa semana do que nos próximos 15 anos

Planeta será o ponto mais brilhante do céu, com exceção da lua.


Terra,  Lua e Marte estavam quase alinhados
Terra, Lua e Marte estavam quase alinhados

Crédito: Getty Images

Marte estará mais perto da Terra essa semana do que qualquer dia dos próximos 15 anos. O quarto planeta do sistema solar está posicionado pouco ao norte do Equador Celeste. Isso significa que o planeta vermelho está em uma posição praticamente perfeita para ser visto de ambos os hemisférios, com um brilho forte e poderoso.

Neste mês, Marte vai mostrar porque ganhou o apelido de planeta vermelho. Ele está posicionado em uma região do céu onde há inúmeras estrelas brilhantes, o que fará muita luz refletir no planeta, cuja superfície é predominantemente de óxido de ferro, que dá uma aparência avermelhada, e ricochetear até chegar na terra. A lua, em fase minguante, será a única estrela mais brilhante que Marte no céu.

Sexta-feira passada (2), foi possível ver no céu de São Paulo Marte bem ao lado da Lua. Isso ocorreu pois, Terra, a Lua e Marte estavam quase alinhados, assim, Marte pode ser visto quase na mesma linha de visão da lua, parecendo passar colado nela.

No mês passado, para muitos lugares do Brasil, Marte passou por trás da lua, sendo por ela ocultado.


Comente aqui