Data: 15/10/2021 15:17 - Alterado em: 18/10/2021 19:51 / Autor: Redação / Fonte: Curta!On

Gaby Amarantos, Dona Onete e outros artistas celebram a música do Pará

O canal Curta!, a estreia do documentário "Ventos Que Sopram - Pará" e da série "Immersive.World"


Crédito: Divulgação / Curta!

A riqueza musical do Pará é o que move a canoa do cantor e instrumentista Felipe Cordeiro, que navega pelos rios daquele estado ao encontro de artistas que representam toda essa diversidade rítmica. Com o objetivo de realizar uma antologia desse cenário, o documentário “Ventos Que Sopram — Pará”, dirigido por Renato Barbieri, estreia com exclusividade no Curta!.

“O Pará é como se fosse um grande rio, muito caudaloso, cheio de vertentes sinuosas (...). A nossa música é exatamente isso”, introduz Felipe logo na primeira cena do filme, repleto de exuberância musical, natural e histórica. Enquanto passeia pelos ritmos paraenses — como o carimbó, o brega e o tecnobrega —, o espectador também mergulha em uma viagem pelas belezas naturais e por construções importantes para o cotidiano local, como o Mercado Ver-o-Peso, em Belém.

O filme rememora as raízes africanas, indígenas e sul-americanas — devido à proximidade de países como o Suriname e a Guiana Francesa — que tem a música paraense, e analisa a influência da história do Pará nessa formação musical. Também relembra artistas e canções antigas e chega até a produção fonográfica atual, apresentando uma nova geração de artistas que se utiliza muito da internet para divulgar seu trabalho e alcançar pessoas de várias partes do mundo.

A narrativa é conduzida pelo historiador e professor Aldrin Figueiredo, por Felipe Cordeiro e por diversos artistas locais, que acompanham o músico em suas andanças. Entre eles: Gaby Amarantos, Dona Onete, Jaloo, Chimbinha, Pinduca, Curica e Manoel Cordeiro, que exaltam, sobretudo, o orgulho de pertencer àquela cultura e àquele pedaço às vezes esquecido do Brasil.

“Ventos Que Sopram — Pará” é uma produção da GAYA Filmes e da Olho Filmes, viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). Após a estreia no canal, o filme estará disponível no Curta!On, streaming do Curta! no NOW (da Claro/Net) e em curtaon.com.br. A estreia é na Segunda da Música, 18 de outubro, às 22h30.

Comente aqui