Data: 05/08/2020 20:38 / Autor: Redação / Fonte: Assessoria

Fórmula E: Di Grassi larga em 20º e chega em 8º na Alemanha

Brasileiro pontuou em Berlim e agora tenta melhor resultado na prova desta quinta-feira


Crédito: Audi Motorsport

A sexta etapa do Mundial de Fórmula E não aconteceu da melhor forma para o brasileiro Lucas Di Grassi. O piloto da equipe Audi Sport Abt Schaeffler teve problemas nas tomadas de tempo mesmo depois de fazer com perfeição os dois primeiros dos três trechos que dividem a pista. Lucas acabou largando apenas da 20ª posição – mas isso não o impediu de fazer uma grande corrida.

Durante as 36 voltas pelo traçado montado no aeroporto alemão de Tempelhof, ao sul de Berlim, Di Grassi empreendeu uma de suas já características provas de recuperação e conquistou quatro posições antes mesmo de completar a primeira volta. Depois, passou boa parte da prova batalhando com o belga Stoffel Vandoorne (Mercedes-Benz), e no processo conquistou mais oito lugares para terminar no oitavo posto – chegando à zona de pontuação. O brasileiro agora soma 42 pontos na oitava colocação do campeonato. A vitória foi do português António Félix da Costa (DS Techeetah), que largou da pole e lidera a classificação (veja abaixo).

“Não foi a retomada de campeonato que eu esperava, mas fiz o melhor que pude com as condições que tínhamos no momento”, resumiu Lucas. “Amanhã (quinta-feira) teremos outra etapa e estou confiante que poderemos ter um resultado muito melhor”, completou o brasileiro. A etapa de amanhã acontecerá no mesmo local, mas desta vez utilizando o traçado tradicional de Tempelhoff – na prova de hoje foi empregado o traçado com o sentido inverso, o que muda bastante a configuração dos carros. A Fox Sports transmitirá a corrida a partir das 14h, ao vivo. Antes, a emissora mostrará o classificatório, a partir das 9h15.

Resultado da sexta etapa da Fórmula E, em Berlim:

1) António Félix da Costa (Portugal, DS Techeetah), 47min08s261; 2) André Lotterer (Alemanha, Porsche), a 5s445; 3) Sam Bird (Inglaterra, Envision Virgin Racing), a 6s526; 4) Nyck De Vries (Holanda, Mercedes-Benz), a 6s911; 5) Jérôme D’Ambrosio (Bélgica, Mahindra Racing), a 13s212; 6) Stoffel Vandoorne (Bélgica, Mercedes-Benz), a 13s654; 7) Sébastien Buemi (Suíça, Nissan E.DAMS), a 14s926; 8) Lucas Di Grassi (Brasil, Audi Sport Abt Schaeffler), a 17s673; 9) Alexander Sims (Inglaterra, BMW Andretti), a 18s852; 10) René Rast (Alemanha, Audi Sport Abt Schaeffler), a 18s852.

Classificação do campeonato após seis etapas: 1) António Félix da Costa (Portugal, DS Techeetah), 97 pontos; 2) Mitch Evans (Nova Zelândia, Panasonic Jaguar), 56; 3) Alexander Sims (Inglaterra, BMW Andretti), 48; 4) Stoffel Vandoorne (Bélgica, Mercedes-Benz EQ), 46; 5) Maximilian Guenther (Alemanha, BMW Andretti) e Sam Bird (Inglaterra, Envision Virgin Racint), 44; 7) André Lotterer (Alemanha, Porsche), 43; 8) Lucas Di Grassi (Brasil, Audi Sport Abt Schaeffler), 42; 9) Sébastien Buemi (Suíça, Nissan E.DAMS), 33; 10) Edoardo Mortara (Suíça, Rokit Venturi), 32 pontos.

Comente aqui