Data: 02/08/2020 15:42 / Autor: Ane Caroline / Fonte: ABCdoABC

Fórmula 1: Hamilton vence corrida com pneu furado

Com emoção e sorte, Mercedes leva a melhor em mais um GP


Crédito: LAT Images for Mercedes-Benz Grand Prix Ltd

O GP de Silverstone deste domingo (2) foi emocionante. Lewis Hamilton (Mercedes) conquistou vitória dramática com um pneu furado na última volta. A vitória só foi possível porque Max Verstappen (RBR), que estava em segundo lugar, havia parado para trocar os pneus para tentar volta mais rápida e estava a mais de 30 segundos do piloto inglês, no final sobraram apenas 5 segundos de vantagem. Em entrevista no fim da corrida, Hamilton comentou ter ficado com o “coração na boca” no momento que o pneu estourou.

Completando o pódio veio Charles Leclerc, da Ferrari, mais uma vez superando limitações da equipe. O companheiro dele, Vettel, ficou apenas com a décima posição.

O GP inglês foi um show de pneus furados, quatro pilotos sofreram com o problema durante a corrida. Além de Hamilton, o companheiro de equipe Bottas também teve um pneu furado perto do fim, mas não teve a mesma sorte do britânico, tendo que parar para fazer a troca e terminando na décima primeira posição, sendo que estava em segundo. Sainz (Mclaren) e Raikkonen (Alfa Romeo) foram os outros a sofrerem com furo no pneu.

Completaram a zona de pontuação os dois carros da Renault, Ricciardo em quarto e Ocon em sexto; Lando Norris (Mclaren) em quinto, Gasly (AlphaTauri) em sétimo, o outro piloto da RBR, Albon, em oitavo, e Stroll (Racing Point) em nono.

A corrida também foi marcada por um acidente forte de Kvyat (AlphaTauri), mas ele saiu ileso e irritado, e acabou por empurrar uma câmera ao abandonar a competição.

Nico Hulkenberg iria substituir Sergio Perez (Racing Point), que foi diagnosticado com coronavírus, mas sequer largou, pois teve um problema com seu carro.

O outro abandono foi de Magnussen, tocado por Albon logo no começo da corrida.

Desta vez, a Fórmula 1 organizou o protesto antirracista no início do evento. Ainda assim, nem todos os pilotos se ajoelharam (Verstappen, Giovinazzi, Leclerc, Raikkonen, Kvyat, Sainz e Magnussen ficaram de pé).

A próxima corrida acontece também em Silverstone, desta vez em GP comemorativo de 70 anos da Fórmula 1, no próximo domingo (9 de agosto).

Classificação:

1 – Lewis Hamilton (Mercedes)

2 – Max Verstappen (RBR)

3 – Charles Leclerc (Ferrari)

4 – Daniel Ricciardo (Renault)

5 – Lando Norris (Mclaren)

6 – Esteban Ocon (Renault)

7 – Pierre Gasly (AlphaTauri)

8 – Alexander Albon (RBR)

9 – Lance Stroll (Racing Point)

10 – Sebastian Vettel (Ferrari)

11 – Valtteri Bottas (Mercedes)

12 – George Russel (Williams)

13 – Carlos Sainz (Mclaren)

14 – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo)

15 – Nicholas Latifi (Williams)

16 – Romain Grosjean (Haas)

17 – Kimi Raikkonen (Alfa Romeo)

FORA

         Daniil Kvyat (AlphaTauri)

         Kevin Magnussen (Haas)

         Nico Hulkenberg (Racing Point)

Volta mais rápida: Max Verstappen

Pole Position: Lewis Hamilton

Circuito de Silverstone, Inglaterra

Comente aqui